Iris diz que é possível recuperar a CELG

0
47

irisEm prosseguimento a rodada de entrevista com governadoriáveis, a Rádio 730 entrevistou nesta segunda-feira (11) o candidato do PMDB, Iris Rezende.

Na sabatina promovida por comentaristas da primeira edição do Jornal 730, Iris Rezende comentou suas propostas para a Segurança Pública, Saúde, Celg, Educação e benefícios sociais do atual governo.

Iris voltou a afirma que irá dobrar o efetivo da Polícia Militar do Estado de Goiás. Ele não disse como fará isto, mas disse que tem competência para fazê-lo.

O candidato criticou os índices da Segurança Pública em Goiás. “Em 1998, a taxa de homicídios para cada 100 mil habitantes, no Brasil, era de 26. Em Goiás, era 13,4. Hoje, a taxa nacional é de 29. Goiás é 44,” compara.

No que depender de Iris Rezende, os contratos com as Organizações Sociais que administram estabelecimentos de Saúde no Estado serão fiscalizados. Segundo ele, se observar que o Estado pode fazer o mesmo trabalho mais barato, as parcerias serão interrompidas.

Na área da educação, Iris prometeu retomar o pagamento da titularidade para os professores da rede estadual de ensino.

Celg
O candidato do PMDB quer melar a venda de 51% das ações das Centrais Elétricas de Goiás (CELG) para o governo federal.

Benefícios
O governo Marconi Perillo (PSDB) instituiu o programa Bolsa Universitária e também implantou o passe livre estudantil em Goiânia. Iris Rezende promete manter os benefícios se for eleito, e até melhorá-los, se possível.

730