Iniciado o plantio de 1.500 mudas às margens do córrego Almeida na Avenida São Paulo

corregoO prefeito Maguito Vilela iniciou na manhã desta sexta-feira (07) o plantio de 1.500 mudas às margens do córrego Almeida, na Avenida São Paulo. O local passou por obras recentes de reconstrução do bueiro celular que se rompeu no final do ano passado. A ação faz parte do Programa de Recomposição Arbórea dos Mananciais de Aparecida. Cerca de 130 crianças da Escola Municipal Senador Albino Boaventura e Eurípedes Menezes também participaram da ação e tiveram uma aula de educação ambiental.

“Nesta primeira etapa serão plantadas cerca de 1,5 mil mudas de árvores e a expectativa da comissão de implantação do Programa de Recomposição Arbórea dos Mananciais de Aparecida, é de reflorestar a área com 6 mil novas árvores nativas em quatro etapas”, contou o secretário de Meio Ambiente, Fábio Camargo.

O reflorestamento das matas ciliares, ou seja, aquelas que compõem margens de rios é fundamental para evitar o processo natural de erosões. Esse tipo de vegetação funciona como uma espécie de “cílio” que protege os cursos de água do assoreamento. “As árvores também protegem as nascentes, ajuda a manter o equilíbrio de clima e oferece sombra. Por isso é muito importante preservar nossos recursos naturais”, destacou o prefeito.

Algumas mudas foram doadas pela diretoria do Parque Jardim Botânico e outras doadas pelo viveiro da Universidade Federal de Goiás (UFG). A prefeitura fará ainda parceria com os donos das propriedades privadas próximas ao local para a manutenção das matas ciliares e evitar que o gado dessas propriedades destruam as árvores que serão plantadas.

Para o secretário de Governo, Euler de Morais, a manhã foi de educação ambiental para todos. “A atual administração vendo a necessidade de recompor às margens do córrego para evitar novos problemas, mobilizou todos os órgãos da Prefeitura. O mesmo será feito no Parque Tamanduá, após o término das obras. Queremos também ser uma cidade reconhecida pela qualidade de vida e que envolve a sociedade nesse processo de conscientização”, pontuou o secretário.

A ação é uma iniciativa das secretarias de Meio Ambiente, Educação, Regulação Urbana, Desenvolvimento Urbano, Trânsito, Cultura, Esporte e Lazer, Guarda Civil Municipal, Infraestrutura e Saúde, além de envolver toda a administração municipal, comunidade e entidades da sociedade civil organizada como Ong’s.

SecomAp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios