Horticultor Geraldo Ferreira recebe nova casa

 A nova moradia foi edificada em 60 dias, logo atrás da antiga casa do horticultor, e ao lado da sua horta. Em alguns dias, a antiga casa será demolida pela Goiás Construtora LTDA para liberar a área para a continuação das obras da Alameda da Paz.

Aos 64 anos de idade, o horticultor Geraldo Ferreira da Silva recebeu na segunda-feira, 14, uma casa nova daaparecida casas mãos do prefeito Maguito Vilela e do engenheiro José Luiz da Rocha, da empresa Goiás Construtora LTDA. A casa foi construída em substituição à antiga residência do trabalhador, que foi construída irregularmente, tomando parte da Rua Passo Fundo, no Jardim Cristal I, pista que integrará a Alameda da Paz.

“O senhor Geraldo adquiriu seu lote de forma legal, mas a construção estava equivocada. Depois de um levantamento topográfico e de traçar o perfil socioeconômico do morador, tomamos a iniciativa de construir a casa porque entendemos que ele não tinha condições de fazer isso sozinho e não poderia simplesmente perder sua casa. Conversamos então com a Agetop, que nos apoiou, e a Goiás Construtora, responsável pela Alameda da Paz, assumiu a construção da casa”, explicou o prefeito Maguito Vilela.

A nova moradia foi edificada em 60 dias, logo atrás da antiga casa do horticultor, e ao lado da sua horta. A construção envolveu as secretarias de Habitação, Planejamento, Regulação Urbana e Infraestrutura. A casa tem ao todo 42,72 metros quadrados e é composta por quarto, sala, banheiro, cozinha e área de serviço. Um depósito de máquinas e a casinha do cachorro do seu Geraldo Ferreira, que vive sozinho, também foram construídos, pensando no bem estar e na organização de seus objetos.

Em alguns dias, a antiga casa será demolida pela Goiás Construtora LTDA, assim que todos os pertences do morador forem removidos. “Eu nunca teria condições de fazer uma casa dessas sozinho. Minha casa mesmo eu construí aos poucos. Primeiro foram 2 cômodos, depois mais dois. Mas a casa nova é muito melhor, muito boa mesmo”, contou Geraldo Ferreira da Silva, que há 24 anos mora no mesmo lugar.

A entrega da casa ao morador contou com as presenças dos secretários Ronnie Barbosa (Habitação e Regularização Fundiária), Jório Rios (Regulação Urbana), Afonso Boaventura (Planejamento), Ozéias Laurentino Júnior (Comunicação), além de servidores da Secretaria de Habitação e funcionários da Goiás Construtora. Segundo a equipe da Prefeitura, o próximo passo para auxiliar o trabalhador é cadastrá-lo no programa Minha Casa Melhor, para que ele possa adquirir móveis de que ainda necessita.

ALAMEDA DA PAZ

A casa do senhor Geraldo fica exatamente em frente a Alameda da Paz, que está em obras e facilitará o acesso de toda a população da região ao Centro da cidade ao Polo Empresarial Goiás e à divisa com a capital. A obra, feita em parceria com o Governo de Goiás, foi dividida em duas etapas.

A primeira parte foi feita pelo município e entregue à população em dezembro do ano passado. Compreende a duplicação e pavimentação da Avenida Xavier de Almeida, que liga a região central de Aparecida ao Polo Empresarial. Este trecho compõe ainda o Complexo Viário Eixo Norte-Sul (ENS) 3, que criou uma rota alternativa à BR-153, ligando o Centro à Avenida São Paulo, na divisa com Goiânia, e que também já está pronto.

A segunda parte da Alameda da Paz corresponde à continuidade da Avenida Gervásio Pinheiro, logo abaixo do Paço Municipal de Aparecida, até o Polo Empresarial Goiás. Esse trecho está à cargo da Agência Goiana de Transporte e Obras (Agetop) e terá cerca de dois quilômetros.

O prefeito Maguito Vilela aproveitou para vistoriar as obras de responsabilidade da Agetop e no canteiro das obras de construção do bueiro celular que permitirá um novo acesso ao Polo Empresarial foi informado que o trânsito da Avenida da Paz está previsto para ser liberado em setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios