Homem ateia fogo ao próprio corpo, em frente ao Palácio do Planalto

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Ele foi socorrido por bombeiros e levado para o Hospital Regional da Asa Norte. Testemunhas disseram que ele é branco, magro e possui cabelos e barbas compridos

Um homem ainda não identificado ateou fogo ao próprio corpo, na manhã deste domingo (10/4), em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília. Segundo o Corpo de Bombeiros do DF, ele teve 85% a 90% do corpo queimado. O homem, de aproximadamente 50 anos, estava sem documentos, vestia uma bermuda de nylon e uma camiseta. Testemunhas relataram que ele mesmo teria colocado fogo em seu corpo. De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, o homem disse ser de São Leopoldo, município do Rio Grande do Sul. O estado de saúde dele é grave.
O atendimento do Corpo de Bombeiros, de acordo com o tenente, foi realizado entre 9h30 e 10 horas da manhã. Antes de atear fogo, ele tirou a camiseta, que também foi queimada. Quando os militares chegaram, as chamas já haviam sido contidas, com o auxilio de um extintor de incêndio, por pessoas no local.

Durante o atendimento, de acordo com os bombeiros, o homem falava palavras soltas, todas de cunho religioso, além de citar passagens bíblicas. Ele foi encaminhado para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran), onde foi medicado para a dor. Testemunhas disseram que ele é branco, magro e possui cabelos e barbas compridos.

De acordo com a Polícia Militar, ele dormia há cerca de três dias no gramado da Esplanada e passava o tempo em frente ao Palácio do Planalto gritando o nome da presidente Dilma Rousseff. O líquido usado para o ato era gasolina.

CorreioBraziliense

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.