Hackers invadem site de ministério e incluem agenda de ‘renúncia’ de Temer

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Uma cópia da agenda alterada do ministro circulou pela internet e o site do ministério chegou a ser temporariamente retirado do ar

Hackers invadiram, na manhã desta terça-feira (27/9) a página eletrônica do Ministério da Saúde e incluíram, na agenda de compromissos do dia do ministro Ricardo Barros, dois eventos inusitados: às 19 horas “a renúncia do (vice) presidente da República Michel Temer (sic)” e uma hora antes “reunião com ministros e líderes da base aliada do GOLPE”.

Uma cópia da agenda alterada do ministro circulou pela internet e o site do ministério chegou a ser temporariamente retirado do ar. Voltou há pouco, já com a agenda sem os dois eventos fictícios.

A assessoria de imprensa do Ministério informou que, tão logo foi verificada a invasão, a pasta acionou o Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus) a fim de apurar o ocorrido: a que horas se deu a entrada na página do ministério e se isso ocorreu de forma externa ou internamente.

A Pasta divulgará um comunicado oficial após o término da apuração.

 

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.