Aparecida de Goiânia, sexta-feira, 17 de setembro de 2021
Política

Gustavo diz que filiados do MDB tem que ser ouvidos sobre candidatura ou apoio do partido em 2022

Marcus Vinicius
20 de agosto de 2021

Entrevistado no programa de podcast Demorô, na última quinta-feira (19), prefeito disse que decisão sobre candidatura própria ou apoio a outro candidato tem que ser transparente, e não pode ser tomada de maneira unilateral pela cúpula do partido.

Em seu Blog no Diário de Goiás, o jornalistaAltair Tavares analisou os principais pontos da entrevista:

DECISÃO DO MDB

Se o partido cumprir todo rito dentro daquilo que está previsto para um processo de escolha, que é ouvir depois de debater, aqueles que defendem alianças, aqueles que defendem a candidatura própria, a gente fazer uma consulta dentro do partido e, se o partido apoiar, eu não tenho que definir nada. Agora, se o partido não faz esse processo democrático, se o partido não escuta os membros e a decisão é unilateral, aí confesso que faço uma avaliação de saber se eu continuo no partido ou não’’, afirmou Gustavo.


CANDIDATURA AO GOVERNO


‘’Nós temos que dar condições para que o município possa crescer, possa desenvolver para que ações que são feitas em grandes centros, possam ser também feitas em regiões menores. Fazer aquilo que fizemos com Aparecida de Goiânia, cidade que era dormitório, uma série de problemas, que era violenta e hoje é uma das cidades que mais do orgulho para a população goiana. Nós podemos fazer isso que fizemos por Aparecida e eu não tenho dúvidas que o MDB tem condições de fazer pelo estado de Goiás’’, disse Mendanha.


MUNICIPALISMO

"Em breve nós seremos premiados por isso. Hoje temos saúde de qualidade, educação que oferece para todas condições de estudarem, opções de lazer. A gente vive um momento diferente, eu diria que nós somos quase uma ilha, hoje várias cidades não vivem a realidade que vivemos e é isso que queremos para o estado de Goiás’’, afirma Gustavo Mendanha.

PROJETOS


‘’Não só para uma região específica, mas para os quatro cantos do estado de Goiás e obviamente um governo mais humano voltado para as pessoas mais humildes, um governo que não seja perseguidor, um governo que tem condições e com muita responsabilidade de promover o desenvolvimento dos quatro cantos do estado’’, afirma.

Fonte: Blog Altair Tavares - Diário de Goiás

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram