Gustavo cede área para construção do novo Fórum de Aparecida

Da Redação
21/06/2021 - 18:15
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Gustavo cede área para construção do novo Fórum de Aparecida

Unidade será edificada no Jardim Luz, em área cedida pela Prefeitura de Aparecida; novo prédio deve ser voltado ao atendimento na área cível.

A construção do novo Fórum de Aparecida, que será erguido no Jardim Luz, na região do Cruzeiro do Sul, deve ser iniciada ainda neste ano. Foi o que estimou nesta segunda (21) para o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), desembargador Carlos Alberto França.

Gustavo e Carlos França se reuniram na sede do TJGO, em Goiânia, para discutir o assunto. O presidente do Tribunal de Justiça adiantou que a licitação da obra é prevista para até este mês de julho.

Chefe do Poder Judiciário estadual, Carlos França pediu apoio da Prefeitura de Aparecida para ajudar a resolver as questões ligadas ao zoneamento, com vistas à construção do novo Fórum. O prefeito Gustavo Mendanha se prontificou a colaborar com o TJGO.

O novo prédio será construído em terreno cedido pela Prefeitura de Aparecida. A intenção do TJGO é de concentrar nessa unidade o atendimento na área cível e manter no Fórum Central, no Jardim Rio Grande, a prestação de serviços da Justiça Criminal. Carlos França cogitou, inclusive, reformar esse prédio já existente.

“A comarca de Aparecida de Goiânia é uma das principais do Poder Judiciário de Goiás, e merece toda a nossa atenção. Com essa possibilidade de edificar um novo prédio, nós queremos dar um melhor atendimento à sociedade de Aparecida, aos advogados, magistrados e servidores da Justiça”, comentou o desembargador Carlos França.

O prefeito Gustavo Mendanha avaliou que, com o novo Fórum (o terceiro localizado em Aparecida), a prestação de serviços da Justiça na cidade ficará “ainda mais ágil e eficiente”. E completou: “O novo Fórum vem para consolidar esse grande momento que Aparecida vive. Vamos dar todas as condições para que ele possa ser construído, e, assim, contarmos com mais juízes e Varas, provendo mais justiça em Aparecida”.

Usina de energia solar

O presidente do TJGO aventou a possibilidade de construir em Aparecida uma usina de energia solar própria. Seria, conforme o desembargador Carlos França, a primeira instalação do tipo no Brasil pertencente a um Tribunal de Justiça estadual.

Gustavo Mendanha mencionou, nesse sentido, que a captação de energia fotovoltaica em prédios públicos já é realidade em Aparecida, no próprio prédio-sede da Prefeitura, localizado na Cidade Administrativa Maguito Vilela. O prefeito afirmou que vai mobilizar sua equipe para ajudar o TJGO na análise de possíveis terrenos para a usina.

Também participaram da reunião no Tribunal de Justiça o vice-prefeito de Aparecida, Vilmar Mariano; o secretário municipal de Planejamento e Regulação Urbana, Veter Martins; e o diretor-geral do TJGO, Rodrigo Leandro da Silva.