Grupo promove ação contra preços de combustíveis no Distrito Federal

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Um grupo com cerca de 13 mil brasilienses promete boicotar os postos de gasolina do Distrito Federal hoje (22). O ato foi organizado por meio da rede social Facebook e pede que a população deixe de abastecer seus veículos para que os donos de postos tenham prejuízo e reduzam o valor dos combustíveis.

Os participantes do movimento prometem parar somente quando o preço da gasolina baixar. Atualmente, o etanol e a gasolina custam nas bombas R$ 3,32 e R$ 3,94, respectivamente. O grupo quer que os preços cheguem a R$ 2,20 e a R$ 3,18, que seriam os valores justos sem o sobrepreço de 20% revelado durante a Operação Dubai, da Polícia Federal (PF), em novembro último.

A operação deflagrada pela PF desarticulou uma organização responsável, há vários anos, por um cartel na distribuição e revenda de combustíveis no Distrito Federal e cidades do entorno, que pode ter causado prejuízo de cerca de R$ 1 bilhão por ano.

A estratégia é boicotar prioritariamente os postos dos grupos BR e Cascol (Gasol).

Para manter o boicote, os participantes do grupo acertaram o uso de transportes alternativos.

ABr

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.