Greve de funcionários da Celg paralisa serviços em Goiânia

Medição e entrega de talões de energia estão indisponíveis desde o mês de maio para alguns usuários

A greve de funcionários de uma empresa que presta serviços terceirizados para a Companhia Energética de Goiás (Celg) está atrasando serviços que a empresa fornece para usuários em Goiânia. O órgão não soube informar à reportagem quando a paralisação começou, mas questões como medição e entrega de talões de energia estão indisponíveis desde o mês de maio para alguns usuários, segundo informa o site da companhia.

Por conta do problema, celg2. Na unidade que fica no Setor Pedro Ludovico, por exemplo, cerca de 600 clientes estão procurando o local diariamente, enquanto em dias normais esse contingente é de aproximadamente 200 usuários.

Segundo o superintendente de atendimento de serviços comerciais da Celg, Marcelo Mundim Rezende, apenas uma das três empresas que prestam serviços para a companhia paralisou as atividades. “A empresa começou a apresentar problemas financeiros desde o mês de março e eles foram se agravando até o ponto dos funcionários não receberem os salários e os serviços se interromperem”, explica.

Rezende afirma ainda que o contrato com a terceirizada foi encerrado no dia 20 de junho. Ainda segunda a companhia, está sendo feita a contratação de forma emergencial de uma nova empresa.

“Acredito que na próxima quarta-feira,16, a gente já esteja com o serviço de leitura e entrega de fatura retomado. Já o serviço de ligação nova, só na segunda-feira da semana subsequente. Em 15 dias, devemos terminar esse serviço represado”, adianta.

A Celg informou que não vai cobrar juros das contas atrasadas e pede que o consumidor que teve a média elevada procure os postos de atendimento, mas não os guichês que ficam no Vapt Vupt, pois é onde trabalham os funcionários que estão em greve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios