Goiás é o pior Estado em qualidade de energia elétrica

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Celg oferece um péssimo serviço de energia segundo levantamento

O Ranking de Competitividade dos Estados, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com a consultoria Tendências e com a Economist Intelligence Unit (EIU), a divisão de pesquisas e análises do mesmo grupo que edita a revista inglesa The Economist, aponta que o Estado de Goiás é o pior Estado do Brasil em qualidade de energia elétrica. Goiás é o único Estado a levar nota zero no quesito. O ranking foi divulgado nesta semana pela revista Veja.

Nos anos 90, antes de Marconi Perillo (PSDB) se tornar governador, Goiás sempre estava entre os melhores Estados do Brasil em qualidade de energia. Hoje, é o último colocado. O indicador de qualidade da energia elétrica é medido pelo desempenho global de continuidade, ou seja, considera a duração e frequência de interrupções no serviço de energia.

Já no item “acesso à energia”, Goiás vai muito bem, graças aos programas de eletrificação rural feitos no Estado nos anos 80 e 90, nos governos do PMDB.

GoiasReal

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.