Go Cup: Aparecida se torna a capital do futebol infantil por uma semana

Com 4,5 mil crianças e adolescentes entre seis e 12 anos, 320 equipes de 13 países e 14 estados brasileiros e expectativa de público de 70 mil pessoas em sete dias, o campeonato de futebol infantil, Go Cup, que já era o maior da América Latina, se tornou neste ano o maior do mundo. Realizado de 13 a 20 de abril, no Centro de Esportes Gramado no Jardim Bela Morada em Aparecida de Goiânia, o campeonato transforma o município na capital do futebol infantil durante uma semana.

O prefeito Gustavo Mendanha acompanhou alguns dos jogos simultâneos na tarde desta terça-feira, 17, e desejou boa sorte a todos os participantes, principalmente os jogadores das categorias de base da Aparecidense. “O esporte é fundamental na construção da cidadania e estamos muito felizes por sediar pela sexta vez o maior campeonato de futebol infantil da América Latina e hoje também do mundo. São mais de quatro mil crianças que estão aqui mostrando sua arte no campo e todos já são campeões”, salientou o gestor.

Os times são formados por crianças que estão nas categorias de sub 7 a sub 12 e esta sexta edição, conforme explica os organizadores, contou com aumento de 24% no número de equipes participantes. “É muito gratificante o crescimento anual no número de equipes no Go Cup. É um reconhecimento ao nosso trabalho. Uma história construída junto aos coordenadores e pais ao longo destes cinco anos. E em cada edição aprimoramos mais para que as crianças mostrem o melhor futebol”, analisou Roberto Faria, idealizador do torneio.

Poliana Medina é de Manaus e trouxe o filho Bernardo Medina de 9 anos que participa pela segunda vez da competição pela equipe da Inter Academy. Como boa mãe coruja, Poliana disse que ele é o melhor goleiro. “Eu e minha família apoiamos esse sonho do Bernardo em ser jogador de futebol. Sou suspeita para falar, mas meu filho é o melhor da competição e nossa expectativa é de que o nosso time vença em sua categoria”, contou a mãe toda orgulhosa após ver mais uma defesa do filho.

Deivid Gabriel de 11 anos e Ronaldo Dias de 10, são jogadores da categoria sub-11 do time da Aparecidense. Eles contam que estão gostando muito de participar do torneio e conhecer pessoas do mundo todo. “Esta é a segunda vez que eu participo do Go Cup. É bom vir aqui todos os dias, jogar bola e fazer novos amigos, pois conhecemos jogadores de outros estados e países”, comentou o atacante ao lado dos companheiros de time, enquanto aguardava a próxima partida e recebia os cumprimentos do prefeito Gustavo Mendanha e do secretário de esportes, Gerfeson Aragão.

“Esses meninos são o futuro do futebol brasileiro e mundial. E vê-los começando uma carreira é gratificante. O esporte é uma forma de promover um futuro mais digno à essas crianças, principalmente aquelas que fazem parte dos projetos sociais abraçados pela organização. Pois quem sabe daqui pode sair o novo Neymar, Robinho, Kaká, Ronaldinho ou Mbappé”, comentou o secretário de esportes destacando ainda que a Prefeitura dá todo o suporte para a realização do evento que movimenta a cidade e a capital nesses sete dias. “Nosso objetivo principal é o de promover a socialização e inclusão de crianças no esporte”, pontuou o organizador do campeonato, Leo Trotta.

SecomAp