Giugiaro deixa estúdio que leva seu nome

0
61

O famoso designer Giorgetto Giugiaro anuncia que vai deixar o lendário estúdio fundado em 1968 e que leva seu nome. Um a das mentes criativas mais respeitadas em todo o mundo, o italiano colocou um pé fora da Italdesign Giugiaro ao vender 90,1% das ações da empresa para o Grupo Volkswagen – mais precisamente para a Audi -, em 2010.

Agora, o designer renuncia também ao cargo e presidente do comitê executivo ao entregar, ao lado de seu filho Fabrizio, sua fatia restante das ações para o conglomerado alemão. Em um comunicado, Giugiaro afirma que deixa a empresa para “se dedicar a novos projetos” e que não deseja influenciar as futuras criações do estúdio. Desde que passou a ser controlada pela Audi há cinco anos, a Italdesign Giugiaro viu seu faturamento crescer, assim como o quadro de funcionários – cerca de 250 pessoas devem ser contratadas até o fim do ano.

LEGADO

Com cerca de 100 carros criados no currículo, Giorgetto Giugiaro é considerado um dos designers mais brilhantes da história. Pai de carros como Gallardo, Delorean DMC-12, Golf, Passat, Scirocco, BMW M1, Maserati Bora, Audi 80, Fiat Uno,Punto e Palio, o italiano também desenhou câmeras para a Nikon, protótipos de computadores para a Apple, motos e armas para a Beretta.

Eleito como o “Designer Automotivo do Século” em 1999, Giorgetto Giugiaro também foi indicado para o “Automotive Hall of Fame em 2002” ao lado de nomes como Giovanni Agnelli – fundador da Fiat – e André Michelin.

CarAndDrive