GDF quer criar fundo de previdência para servidores da administração do DF

O governo vai propor a concentração de recursos em uma única entidade após denúncias de má gestão no Funterra

gdfO governo quer criar um fundo de previdência para todos os servidores públicos da administração direta do Distrito Federal. Técnicos do GDF elaboraram a minuta do projeto de lei que será enviado à Câmara Legislativa ainda neste semestre. A futura entidade poderá reunir, ainda, funcionários do Legislativo local. O debate sobre o assunto será feito em meio a denúncias de má gestão do Fundo de Previdência Privada da Terracap (Funterra), que registra um rombo de R$ 129 milhões.

Para evitar casos semelhantes, o Executivo local também vai propor a unificação da administração dos fundos dos servidores de outras empresas públicas, como a Companhia Energética de Brasília (CEB), a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) e o Banco de Brasília (BRB). A medida pode reduzir custos e otimizar a gestão.

Além de assegurar a aposentadoria complementar dos trabalhadores, o governo vê a proposta com bons olhos por outro motivo. A criação de um fundo único, com quase R$ 3 bilhões em ativos, poderia liberar dinheiro para investimentos em obras públicas no Distrito Federal. Isso porque parte dos recursos de fundos de previdência complementar pode ser investida em empreendimentos na área de infraestrutura, de acordo com a legislação do setor.

Correiobraziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios