GDF pode contratar R$ 1,7 bilhão em crédito para financiar obras viárias

0
46

Recursos serão destinados para obras de mobilidade urbana e melhoria da infraestrutura viária

gdfO Governo do Distrito Federal foi autorizado a contratar R$ 1,7 bilhão junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Banco do Brasil para obras de mobilidade urbana. A permissão da Câmara Legislativa foi publicada em edição extra do Diário Oficial do DF dessa quarta-feira (27).

Uma das leis prevê investimentos de R$ 1,2 bilhão, no BNDES, em várias obras, como a contrapartida no Expresso DF- Sul; Ligação Torto-Colorado (LTC) e do Trevo Triagem Norte (TTN); finalização das estações 104, 106 e 110 do metrô na Asa Sul. Além da compra de material rodante (trens) para a linha 1 do metrô e para o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT); e aporte de capital na Novacap.

As obras da 1ª etapa do Expresso DF-Sul (Santa Maria/Gama/Rodoviária do Plano Piloto) já estão executadas e em operação de testes. As obras da Ligação Torto-Colorado (LTC) e do Trevo Triagem Norte (TTN) já foram contratadas e estão em execução. As obras do metrô têm projeto pronto e o edital de licitação está sendo elaborado, assim como os editais para a compra dos trens.

O subsecretário de Captação de Recursos, da Secretaria de Planejamento e Orçamento, Genésio Vicente, explica que são duas linhas distintas de crédito do BNDES: Proinveste e Finem Estados. Os recursos do Proinveste, R$ 311 milhões, já estão autorizados e contratados. “O restante aguarda autorização do Tesouro Nacional”, disse.

A outra lei publicada permite a contratação de R$ 500 milhões no Banco do Brasil para realizar as obras do Asfalto Novo, de novas ciclovias e de adequação e implantação de calçadas em todo o DF.

O cronograma e as etapas das obras do Asfalto Novo já estão definidos. Para as ciclovias, novos projetos estão prontos e poderão ser licitados. Já para as calçadas, a Novacap fez um levantamento de necessidades em todo o DF e está preparando os editais de licitação.

GDF