Aparecida de Goiânia, quarta-feira, 22 de setembro de 2021
Aglomeração

Fiscalização encerra festa com 300 pessoas

Marcus Vinicius
13 de setembro de 2021

Evento era de uma torcida de futebol organizada e o proprietário do espaço foi multado em R$ 13 mil. Agentes também interditaram bares e distribuidoras por aglomeração de pessoas

Os fiscais da Força-tarefa de Fiscalização de Aparecida encerram na noite deste sábado, 11, uma festa realizada no setor Cidade Satélite São Luiz. Os agentes fiscalizatórios chegaram ao local por volta de 23h após denúncia de vizinhos pela perturbação do sossego e encontraram no local cerca de 300 pessoas, todas sem máscara de proteção. O evento foi encerrado e o proprietário do espaço foi multado em R$ 13.870 por promover aglomeração de pessoas durante pandemia da Covid-19 e desrepeito às regras estabelecidas por portarias municpais.

A Fiscalização de Aparecida encerrou já na madrugada deste domingo, 12, uma festa clandestina que era realizada no Setor Fabrício. No local estavam mais de 200 pessoas. O organizador do evento foi multado em R$ 12.670 por promover festa clandestina e aglomeração. “As festas são permitidas em Aparecida, mas em espaços destinados para eventos, sendo permitido 40% da capacidade do local, não podendo ultrapassar 150 pessoas. Alem disso, devem ser seguidas todas as regras sanitárias como distanciamento e uso de máscara”, apontou o coordenador geral da força-tarefa de fiscalização, Davi Lorero.

BAR INTERDITADO POR AGLOMERACAO

Durante a noite e madrugada deste sábado para domingo, a força-tarefa visitou 69 lugares entre bares, restaurantes e distribuidoras de bebidas. Um bar foi multado em R$ 12 mil por aglomeração de pessoas e por falta de alvará de funcionamento. No local haviam 108 pessoas sem máscara de proteção facial contra a Covid-19. “Mesmo com permissão para realização de show ao vivo, o proprietário extrapolou o que estava permitido e não apresentou toda a docmentação para funcionamento aos fiscais”, comentou o sub-coordenador da fiscalização, Delazaro Gomes.

Ao todo foram interditados 3 locais por falta de alvará e 4 foram multados por aglomeração e 9 festas clandestinas foram encerradas. A fiscalização checou diversas denúncias por perturbação do sossego público, apreendendo 4 carros com som e 3 caixas de som mecânico. Veículos foram apreendidos na Vila Brasília, no Setor dos Afonsos e na Vila Mariana. “Nossas equipes estão nas ruas diariamente e intensificamos as ações no fim de semana que é quando as festas clandestinas e desrespeito as regras são mais comuns. A pandemia ainda não acabou e se as medidas não forem respeitadas vamos ver aumento de casos da doença, que é o que buscamos evitar com a fiscalização”, sublinhou Davi Lorero.

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram