Fim da linha para games “falsos grátis” no Google Play

googleO Google anunciou que vai adicionar proteções aos consumidores contra cobranças indevidas por partes de jogos e aplicativos que se anunciam como grátis, mas que exigem pagamento de taxas ao longo de seu uso. A mudança vem após uma série de pressões contra a empresa e depois de muitos usuários reclamarem de cobranças de cartão de crédito após crianças baixarem e usares os aplicativos.

As mudanças também são resultados de pressões feitas pela Comissão Europeia, que sugeriu uma série de orientações durante o download de aplicativos desse tipo. O Google disse que até o fim de setembro a sua loja de apps – a Google Play – deixará de anunciar jogos como “grátis” quando estes incluírem pagamentos internos, além de exigir verificação de pagamento antes de cada compra.

O Google não deixou claro se as mudanças serão exclusivas para a Europa ou se valerão para todo o mundo. Outra empresa que adotará medidas similares é a Apple, mas não anunciou medidas concretas e prazos para cumpri-las. Mas a empresa garante que já tem recursos que impeçam, por exemplo, que crianças façam as compras online sem autorização dos pais.

Em suas orientações, a Comissão pede que os jogos anunciados como grátis deem garantias de que não estão enganando os consumidores sobre os seus verdadeiros custos e que não incentivem as crianças a fazer as compras. Além disso, solicitam aos desenvolvedores que tornem claros os pagamentos previstos e forneçam canais para contato dos consumidores.

Nos EUA, já há uma ação judicial que discute se crianças podem responder por compras feitas por dispositivos móveis. A Federal Trade Commission iniciou recentemente um processo contra a Amazon, na tentativa de levar a empresa a reembolsar clientes por despesas não autorizadas. No início do ano, a Apple fez um acordo para reembolsar US $ 32,5 milhões a clientes que tiveram despesas indesejadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios