Festa do Palmeiras tem político barrado, ídolo esquecido e campanha da oposição

0
50

Evento do centenário do clube teve Della Mônica e Tirone entre os presentes, e César Maluco fora das homenagens aos ídolos

palmeirasA festa do Palmeiras foi bonita. E também propiciou histórias bem curiosas. Apesar das divergências políticas, ex-presidentes, como Afonso Della Mônica e Arnaldo Tirone compareceram ao evento, e teve até presidenciável que aproveitou os holofotes para expor as ideias para as próximas eleições do clube, no fim do ano. A reportagem do iG compareceu ao evento e conta aqui o que aconteceu nos bastidores.

Presidenciável da oposição “faz campanha”
Wlademir Pescarmona, de 62 anos, candidato da oposição para a próxima disputa eleitoral, aproveitou a festa de 100 anos do clube para conversar com os jornalistas e esclarecer seus projetos para presidência do Palmeiras. Ele deu diversas entrevistas e acabou até perdendo o copo de whisky, já com gelo derretido, para o amigo.

Media training para o vice-presidente
Durante a explicação sobre a desistência do negócio com Ronaldinho Gaúcho, o vice Maurício Precivalle recebia conselhos do assessor Fernando Mello sobre os pontos que seriam importantes destacar no pronunciamento. Mello está sempre ao lado do presidente Paulo Nobre. É ele quem conduz as entrevistas com o cartola e a duração delas.

Maluco fica fora de homenagem e cutuca Nobre
O ex-atacante César Maluco foi esquecido pela diretoria em homenagem aos ídolos. Crítico ferrenho da atual administração, Maluco não se importou com o embaraço: “Você acha que vou ficar chateado com isso, com essa idade? É político. O homem está com medo de perder a cadeira, mas o Palmeiras está em meu coração”, afirmou.

Palmeirense é barrado do evento
O comediante e candidato a Deputado Estadual de São Paulo, Marco Antonio Ricciardelli, o Marquito, foi impedido de entrar na festa do centenário. Acompanhado da mulher, o humorista pediu ajuda de Paulo Skaf, que apenas o cumprimentou e ignorou a situação.

Convidadas tentam tirar fotos ao lado de Paulo Nobre
O presidente Paulo Nobre chegou à festa por volta das 20h e foi muito disputado por jornalistas e também convidadas. Na área reservada para a imprensa, mulheres entraram e tentaram chegar perto do cartola para registrar o momento ao lado dele. Deixaram o local apenas depois de registrar o momento.

Paulo Maluf brinca com palmeirenses
Candidato a Deputado Federal, o político Paulo Maluf estava à vontade na festa do Palmeiras. Em tom discontraído com um dos assessores do clube, que brincou o fato dele ter “construído tudo, menos o Palmeiras”, Maluf falou: “Eu construi o tobogã do Pacaembu”.

Ex-presidente chega “à francesa”
Antecessor de Nobre, Arnaldo Tirone chegou atrasado à festa do centenário. Acompanhado pela mulher e o filho, Tirone apareceu quando todos já estavam no salão e as homenagens já haviam começado.

IG