Família de idoso morto a tiros em bar se revolta com assaltantes: ‘Covardes’

0
89

Crime ocorreu dias antes do aniversário de 78 anos do aposentado.

tiroA família do idoso Vicente Cristiano Filho, de 77 anos, que foi morto a tiros durante um assalto em um bar, está revoltada com a violência dos criminosos, em Goiânia. Filha da vítima, Nilvania Cassiano conta que o pai não reagiu. “Nós estamos sem chão, dá uma revolta porque foi covarde, que levasse a corrente, o relógio, o dinheiro, mas que não tirasse a vida dele”, lamenta a mulher, que conta que os parentes se preparavam para comemorar o aniversário do idoso, na próxima quarta-feira (15).

O crime ocorreu na noite de sábado (11), em um bar do Setor Leste Universitário. De acordo com o proprietário do estabelecimento, José Humberto, o cliente chegou e sentou em uma mesa do lado de fora. Logo depois, dois homens entraram no local e anunciaram o assalto.

A dupla roubou o cordão de ouro que Vicente usava. Em seguida, segundo o boletim de ocorrência, um dos suspeitos disparou dois tiros no pescoço da vítima.

O idoso chegou a ser socorrido e encaminhado a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade e saúde. A polícia trata o caso como latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.

O caso será investigado pela Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic).

G1