Aparecida de Goiânia, sexta-feira, 17 de setembro de 2021
Denúncia

Ex-funcionário diz que mansão de ex-mulher de Bolsonaro está em nome de laranjas

Redação
3 de setembro de 2021

Uma reportagem do site Metrópoles, o colunista Guilherme Amado, do site Metrópoles, revelou que Marcelo Luiz Nogueira dos Santos, que trabalhou durante 14 anos com a família Bolsonaro, fez uma série de denúncias gravadas contra sua ex-patroa, Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro.

Marcelo contou que, desempregado, trabalhou na primeira campanha de Flávio Bolsonaro a deputado estadual, em 2002. Com isso, conseguiu uma colocação no gabinete do deputado, mas devolvia 80% do salário para Ana Cristina.

Ele disse que mãe de Jair Renan, chamado 04, era quem recolhia o dinheiro das rachadinhas nos gabinetes dos filhos do atual mandatário do Planalto.

Segundo Santos, a recolha dos salários dos funcionários era feita nos gabinetes de Flávio e Carlos Bolsonaro, primeiro e segundo filhos do presidente. Ele não deu, por ora, informações sobre o esquema no gabinete do então deputado federal Jair Bolsonaro, hoje chefe do Executivo federal, nem do terceiro filho dele, Eduardo, que exerce o mesmo cargo na Câmara, mas eleito por São Paulo.

Apenas da sua parte, enquanto funcionário de Flávio Bolsonaro na Alerj, o ex-empregado de confiança afirma ter entregado R$ 340 mil a Ana Cristina, num período de quatro anos em que ele foi lotado no local.

O funcionário de longa data teria feito as denúncias depois que foi retirado da casa onde trabalhava e morava com Ana Cristina e Renan Bolsonaro, no Rio, para viver na nova mansão que agora é o lar de mãe e filho em Brasília. Quando se mudou para lá, Santos pediu aumento de salário, já que o custo de vida na capital federal é muito alto. Ele queria R$ 3 mil e a patroa teria aceitado, mas desde o acordo ela se negava a pagar o combinado e seguia pagando R$ 1,3 mil a Santos. Foi aí que o homem resolveu então denunciar à imprensa tudo que sabe sobre as atividades ilegais e criminosas envolvendo a família presidencial.

Mansão

Sobre a nova mansão luxuosíssima que recebeu mãe e filho recentemente, o denunciante afirma que fora adquirida por meio de dois laranjas, que compraram o imóvel usando os seus nomes, mas que assinaram um contrato de gaveta atribuindo a verdadeira propriedade a Ana Cristina, que segundo Santos tem um patrimônio pessoal acima de R$ 5 milhões. O preço pago na casa com piscina e outras dependências nababescas, localizada numa das áreas mais nobres e caras de Brasília, teria ficado entre R$ 2,9 e R$ 3,2 milhões.

“Falei para ela: ‘Cristina, não sou obrigado a morar na sua casa. Trabalho para ter meu canto e em Brasília tudo é caro. Você pensa que vou ficar na sua casa e ser seu escravo? A escravidão já acabou. Você é racista. Isso é racismo. Você me tirou lá do Rio só porque em Brasília eu não tenho ninguém e não conheço nada? Acha que vou aceitar o que quer fazer comigo?’”, relatou Santos ao colunista Guilherme Amado, do site Metrópoles.   

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram