Estado Falido: Marconi faz empréstimo pra pagar empreiteiras

Depois de muitas tentativas, o governador Marconi Perillo (PSDB) conseguiu essa semana liberar um empréstimo de R$ 375 milhões do Banco do Brasil. Apesar dos recursos serem destinados a investimentos, quase todo o dinheiro será usado apenas para pagar empreiteiras por obras realizadas ou paralisadas no Estado.

Do total do empréstimo, R$ 284 milhões serão repassados para a Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), sob o comando de Jayme Rincón. De acordo com a Agetop, esses recursos permitirão a conclusão de três obras: o Estádio Olímpico, o viaduto da GO 080 e o término da duplicação entre Nerópolis e São Francisco de Goiás. Estas obras estão paralisadas há meses por falta de pagamentos do Estado.

No mandato anterior, Marconi torrou quase R$ 10 bilhões em empréstimos junto ao governo federal. Ainda assim, foi incompetente para planejar, executar e concluir as obras que iniciou antes do período eleitoral. O dinheiro acabou e as obras ficaram pelas metades. Agora, além de querer vender a Celg a qualquer custo para por a mão em R$ 3 bilhões, inicia nova leva de empréstimos que endividam o Estado. Depois, alega não ter como honrar compromissos básicos como repor a data-base dos servidores. Essa é a rotina da gestão amadora do tucano em Goiás.

GoiasReal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios