Escolas do DF receberão mais 2,4 mil profissionais concursados

posseAs escolas públicas do Distrito Federal receberão o reforço de 2.442 profissionais concursados, sendo 2.362 professores de 17 disciplinas e 80 assistentes à Educação. Com esses novos integrantes, empossados nesta quinta-feira (3) pelo governador Agnelo Queiroz, o quadro de docentes da Secretaria de Educação foi completamente preenchido.

“Esta posse é um marco porque é a maior convocação de professores de toda a história do Distrito Federal, o que vai garantir que os alunos não voltem para a casa por falta de professores em sala de aula”, enfatizou o chefe do Executivo local, em solenidade no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

O secretário de Administração Pública, Wilmar Lacerda, reforçou que, desde 2011, a educação já recebeu quase 8 mil concursados. “Agora, temos o quadro de professores efetivos totalmente preenchido, além de 6,5 mil docentes no banco de temporários que podem ser utilizados”, destacou, ao explicar que mesmo com o total de concursados é necessário ter temporários para cobrir eventuais licenças de saúde ou maternidade.

“Nós passamos muitos anos com ausência do concurso público e temos que reconhecer o avanço tanto para a população quanto para a categoria, garantindo a educação que a sociedade precisa”, enalteceu a coordenadora da Diretoria de Finanças do Sindicato dos Professores (Sinpro), Rosilene Correa.

Os profissionais recém-empossados serão encaminhados, preferencialmente, para atender com prioridade os alunos das cidades mais carentes, como Brazlândia, Ceilândia e Gama. Os professores estão divididos entre as disciplinas artes, atividades, biologia, português, informática e matemática.

Além disso, também há docentes de francês, inglês, telecomunicações, música/canto erudito, física, filosofia, química, sociologia, espanhol, contabilidade e educação física.

Já os profissionais da carreira de Assistência são das especialidades de fonoaudiologia, arquivo, nutrição, psicologia e serviço social. Com isso, eles atuam para o desenvolvimento integral dos estudantes.

“Vocês terão orgulho da ‘casa’ que farão parte, que é referência em educação no nosso país. Em todas as avaliações feitas pelo Ministério da Educação, sempre estamos entre os três primeiros colocados quando se trata de qualidade de ensino”, complementou o secretário de Educação, Marcelo Aguiar.

Para o novo professor de história, Francisco Paulo Gontijo, a contratação mostra o empenho local com a Educação. “O GDF está, de fato, comprometido com o seu povo e estou muito orgulhoso de fazer parte de um projeto tão glorioso”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios