Entre Samambaia e Recanto das Emas, área terá casas para 90 mil pessoas

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Parque das Bênçãos maior espaço destinado a um programa habitacional no Brasil, teve metade das terras registrada em cartório esta semana

20150305230023251879oNa mesma semana em que o governo derrubou barracos e desabrigou cerca de 400 famílias na invasão Nova Jerusalém, em Ceilândia, foi registrada parte do maior empreendimento de um programa habitacional. O Parque das Bênçãos, situado em uma área de 700 hectares entre Samambaia e Recanto das Emas, é pensado para ter 24.460 unidades habitacionais, que vão abrigar cerca de 90 mil pessoas. A Rodrigolândia — como é chamado pelos integrantes da lista de moradia do DF, em referência ao governador Rodrigo Rollemberg — é a maior iniciativa do Minha Casa, Minha Vida, programa nacional que repassará o dinheiro para o Morar Bem. Em dezembro do ano passado, foi inaugurado área em Manaus, com 5.384 unidades habitacionais, para 21 mil pessoas.

Segundo o presidente da Terracap, Alexandre Navarro, trata-se de um empreendimento de interesse social. “Nós tiramos pessoas de lugares como a invasão próxima ao Sol Nascente e oferecemos moradia regular e com todas as condições”, afirma. Navarro acrescenta que o setor habitacional vai gerar 8 mil empregos de forma direta e 21 mil indiretamente.

Até o momento, 50% do parcelamento está registrado no 3º Ofício de Registros Imóveis — o que corresponde à moradia de cerca de 45 mil pessoas, aproximadamente. No total, serão quatro trechos: o 1 e o 2 estão aprovados; o 3 e o 4 ainda devem passar pelo Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan), da Secretaria de Gestão de Território e Habitação (Segeth). As residências serão destinadas a famílias que ganham entre um e cinco salários mínimos.

Correiobraziliense

Denuncias e Informações? Chat via WhatsApp