Em Uberlândia com Kalil, Lula promete combater a fome

Lula prometeu demarcação e o fim da garimpagem em terras indígenas.

Da Redação
17/06/2022 - 05:43
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Em Uberlândia com Kalil, Lula promete combater a fome

Pela primeira vez ao lado do ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), candidato ao governo de Minas, o pré-candidato à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, manifestou hoje sua tristeza diante das últimas notícias sobre o indigenista Bruno Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips, e assumiu o compromisso de que em seu governo haverá demarcação de terras e será decretado o fim da garimpagem em terras indígenas.

O compromisso foi assumido na noite de hoje diante de milhares de militantes partidários que lotaram o ginásio do Centro Universitário do Triângulo (Unitri), em Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

O evento contou ainda com as presenças do candidato a vice-presidência, Geraldo Alckmin (PSB); do candidato à reeleição ao Senado, senador Alexandre Silveira (PSD); do candidato a vice-governador de Minas, deputado André Quintão (PT), dentre outras lideranças nacio0nais e regionais.

Uberlândia foi o quarto município mineiro a receber Lula após o lançamento de sua pré-candidatura, tendo visitado Belo Horizonte, Contagem e Juiz de Fora.

No ato de hoje também participaram a presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o deputado federal pelo PSD do Amazonas, Marcelo Ramos, a vereadora Dandara, do PT de Uberlândia, além de lideranças indígenas como Célia Xacriabá e pré-candidatos da aliança em torno de Lula em Minas, como o ex-ministro de Transportes do governo Lula, Anderson Adauto, do PCdoB de Uberaba.

 

Lula, Fátima Bezerra e Alckmin em Natal

Drone

Antes do ato a Polícia Militar de Uberlândia prendeu o produtor rural do município, Rodrigo Luiz Parreira, que comandou um ataque de drone que jogou um líquido usado para espantar moscas nas pessoas que se concentravam na Unitri para participar do ato com Lula.

Junto com ele também foram detidos seus cúmplices Charles Wender Oliveira Souza e Daniel Rodrigues de Oliveira, que responderão a inquérito. Os dois são da vizinha Ituiutaba e do Estado de Goiás, respectivamente. Todos foram liberados após prestar depoimento.

Natal

Um “mar vermelho” se formou na noite desta quinta-feira (16) em Natal (RN) por causa da presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na cidade. Ele participou de um evento ao lado da governadora do estado, Fátima Bezerra (PT). Geraldo Alckmin (PSB) também esteve presente.

A cerimônia foi feita para que o ex-presidente demonstrasse apoio aos pequenos e médios produtores rurais. A militância petista, de outros partidos de esquerda e movimentos sociais encheram as ruas de Natal e escutaram atentamente os discursos feitos por políticos.