Em quatro dias, filme ‘A Entrevista’ arrecada US$ 15 mi e bate recorde na internet

0
58

Estreia foi cancelada pela Sony após ameaça de hackers; apenas salas independentes exibem filme nos Estados Unidos

filmeApós cancelar a estreia do filme “The Interview” (A Entrevista) devido às ameaças realizadas por hackers norte-coreanos, a Sony anunciou neste domingo (28/12) que em quatro dias arrecadou US$15 milhões com downloads na internet.

O filme passa a ser o de maior sucesso em termos de arrecadação na rede.

De acordo com a BBC, o filme também obteve cerca de US$2,8 milhões no mercado convencional, sendo exibida em 300 salas independentes nos Estados Unidos desde o Natal.

A arrecadação demonstra que a empresa deverá recuperar os US$ 44 milhões utilizados para fazer o filme. Assim, o prejuízo da empresa, previsto em US$ 200 milhões, também pode ser, senão revertido, atenuado.

A Entrevista está disponível nos Estados Unidos e Canadá no Google Play, YouTube, Xbox Live, da Microsoft, iTunes e na loja da Sony. O custo é de US$ 5,99 para alugar e US$ 14,99 para comprar o filme.

Ataque

No dia 24 de novembro, um grupo de hackers norte-coreanos roubou dados pessoais de todos os funcionários do estúdio Sony, conteúdos de e-mails e até cinco filmes.

De acordo com o FBI, há “informação suficiente para concluir que o governo do país é o responsável pelo ataque cibernético contra a Sony”.

Assim, a medida foi considerada pelos Estados Unidos como uma retaliação de Pyongyang, que classificou o filme como a declaração de “um ato de guerra”.

A comédia de Seth Rogen e James Franco narra um complô norte-americano, onde dois jornalistas são recrutados pela CIA para assassinar o líder norte-coreano, Kim Jong-un.

A Coreia do Norte nega responsabilidade pelo ataque realizado no dia 24 de novembro pelo grupo “Guardians of Peace” (“Guardiães da Paz”).

Além de roubar dados pessoais de funcionários da Sony, conteúdos de e-mails e filmes inéditos da produtora, o grupo advertiu que “semearia o terror” nos cinemas que exibissem o longa e comparou seu plano com os atentados do 11 de setembro de 2001 nos EUA.

Operamundi