Em novo diálogo com Sintego, prefeitura detalha limite da responsabilidade fiscal e lembra melhorias

0
81

O prefeito Maguito Vilela (PMDB) se reuniu na tarde desta segunda-feira, 13, com representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego) para discutir progressões dos professores, reajuste das gratificações dos gestores, enquadramentos dos administrativos, licença prêmio, vale alimentação e novo reajuste do piso salarial. O prefeito lembrou os avanços adquiridos pelos profissionais da Educação nos últimos seis anos e manteve o diálogo com o sindicato.sindego

“Através do diálogo iremos encontrar um denominador comum porque acho que a Educação aqui venceu bastante nos últimos anos e precisamos lembrar disso com a reforma das escolas municipais, construções de CMEIs e que fomos o primeiro município do Estado a cumprir a lei do piso em 2009. Estou disposto a continuar dialogando com a categoria, mas tudo dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal que também devo cumprir”, relatou o prefeito.

Maguito falou sobre a reunião que teve na semana passada com a presidenta Dilma Rousseff durante evento da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), em Brasília. O piso salarial dos professores foi uma das pautas da audiência que, segundo ele, está sendo tratada com atenção pelo Governo Federal. “A presidenta Dilma é favorável a uma renegociação no Congresso Nacional para que encontremos medidas intermediárias para garantirmos o reajuste do piso salarial sem prejudicar os orçamentos dos municípios”.

O secretário municipal de Educação, Domingos Pereira, ressaltou que a prefeitura tem feito o possível para ajustar a máquina e que não irá mexer em direitos adquiridos. “Hoje temos um recurso do Fundeb garantido com folha de pagamento de 80%, antes o valor era 20% menor. Não podemos extrapolar por causa da Lei de Responsabilidade Fiscal. Há uma boa vontade da administração para continuarmos o diálogo e o que podemos fazer, com sinceridade, nós estamos fazendo”, destacou.

A reunião também foi acompanhada pelos secretários Jório Rios (Administração), Carlos Eduardo Rodrigues (Fazenda), Euler de Morais (Governo e Integração Institucional) e Ozeias Laurentino Júnior (Comunicação).

SecomAp