Em evento no CEL da OAB, Caiado é confirmado candidato a governador pelo União Brasil

 O governador Ronaldo Caiado e o presidente do MDB, Daniel Vilela, tiveram suas candidaturas a governador de Goiás e a vice, respectivamente, homologadas para as eleições de outubro próximo.

Da Redação
05/08/2022 - 23:10
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Em evento no CEL da OAB, Caiado é confirmado candidato a governador pelo União Brasil

 O governador Ronaldo Caiado e o presidente do MDB, Daniel Vilela, tiveram suas candidaturas a governador de Goiás e a vice, respectivamente, homologadas para as eleições de outubro próximo.

A chapa governista tem três candidatos ao senado: o ex-ministro Alexandre Baldy (PP), o Delegado Waldir Soares (União Brasil) e o ex-deputado Vilmar Rocha (PSD).

“Vamos arregaçar as mangas. É hora de acreditarmos naquilo que fizemos e no que poderemos fazer”, conclamou Caiado, que ressaltou a regionalização da Saúde e a conquista do primeiro lugar no Ideb, ao conclamar a militância. “Não tem eleição vitoriosa, nem derrotada. Têm aquele que trabalha para ganhar as eleições. Na vida, a gente tem de ter noção de continuidade. Não se pode fazer política de forma personalista”, ponderou. “Política é de grupo, com pessoas que têm espírito público, que querem dar continuidade à boa política no Estado de Goiás”, afirmou o governador.

Para o candidato a a vice-governador Daniel Vilela, o PP, o PSD e o MDB  fazem aliança com Caiado, por considerar que é um governador honesto, sério e competente, que não mediu esforços ao longo destes três anos, para superar as adversidades vividas por Goiás, adversidades fiscais e com a pandemia, que assolou o mundo todo”. Ainda sobre a pandemia, Daniel frisou: “O governador liderou e tomou decisões que precisavam ser tomadas, não admitindo que em Goiás se trocasse votos por vidas”, pontuou