Em cinco anos, mais de 9 mil casos de hepatite são registrados em Goiás

Dados da Secretaria Estadual de Saúde em Goiás apontam que 9.104 casos de hepatite foram confirmados entre os anos de 2009 e 2013. Destes, 966 são de hepatite tipo A, 7.083 do tipo B e 890 de hepatite C. Com o objetivo de reduzir esses números, é realizada nesta segunda-feira (28), data que marca o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites, uma campanha de conscientização sobre a doença e vacinação em Aparecida de Goiânia e na capital.

“A vacina é disponível sempre, mas como a gente percebe que o número de casos vem aumentando na população, a gente intensifica a campanha para orientar sobre a necessidade de prevenir não só com a vacina, mas com o uso da camisinha durante as relações sexuais e evitando contato com sangue”, explica a coordenadora da campanha em Aparecida, Luzia dos Santos Oliveira.

A hepatite é uma inflamação no fígado que pode ser causada por vírus, uso de medicamentos, álcool e outras drogas. Dependendo do tipo, a doença pode ser transmitida por água, alimentos contaminados,sangue, ou de uma pessoa para outra por meio de relações sexuais, por exemplo. Dentre os sintomas da doença estão cansaço, enjoo, febre, dor abdominal, urina escura e fezes claras, além de pele e olhos amarelados.

Em Aparecida de Goiâna, durante todo o dia serão disponibilizados exames rápidos para diagnóstico de Hepatite B e C na Praça da Matriz. A vacinação para Hepatite B também estará disponível em todos os Cais, Postos de Saúde e Estratégia da Família, além dos seguintes locais: Supermercado Bretas do Buriti Shopping; Praça da Matriz; Restaurante Cidadão no Setor Garavelo; SAC do Centro e Posto do Cartão SUS, também no Centro.

Já na capital, a população poderá fazer os exames e se vacinar no Araguaia Shopping, na Rua 44 no Setor Central, das 8h às 17h.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios