Eletricista morre após levar choque durante substituição de poste em GO

0
164

Trabalhador de 43 anos atuava em trecho da obra da Ferrovia Norte-Sul.

morteUm eletricista de 43 anos morreu nesta quarta-feira (27) após levar um choque elétrico no distrito de Arantina, em Acreúna, região sudoeste de Goiás. Ele mora em Goiânia, mas estava na região para substituir um poste por outro maior em um trecho onde está sendo construída a Ferrovia Norte-Sul.

Segundo os bombeiros, o corpo dele ficou preso à rede elétrica por mais de quatro horas. Ele atuava por uma empresa contratada pelo consórcio que está fazendo as obras no local. O acidente ocorreu quando a vítima aumentava a altura da rede elétrica.

No momento em que foi eletrocutado, o homem trabalhava com mais três colegas. “Quando a gente chegou, segundo informação do pessoal, ele tinha desligado a corrente elétrica do lado errado. Aí a corrente ainda estava energizada e como ele não realizou outro teste para ver se realmente estava desligada, acabou morrendo”, afirma o sargento Eustelo da Silva, que participou do resgate.

O oficial suspeita que o trabalhador estava sem os equipamentos de segurança, descumprindo assim, as normas de operação. “[Foi] muito provavelmente um erro humano. Tem que passar por perícia, mas essa hipótese é bem provável”, pondera.

O corpo do eletricista foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Rio Verde.