Dois ex-governadores reforçam apoio a Gustavo Mendanha

Da Redação
07/05/2022 - 20:49
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Dois ex-governadores reforçam apoio a Gustavo Mendanha

Durante encontro regional em Santa Helena lideranças políticas declararam apoio a candidatura do filho de Aparecida

Os ex-governadores Alcides Rodrigues (Patriota) e Agenor Rezende (MDB) ressaltaram a importância da pré-candidatura do ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (Patriota) ao governo de Goiás nas eleições de outubro.

O deputado federal pelo Patriota e ex-prefeito de Santa Helena, que foi vice-governador, entre 1999 e 2005, e governador entre 2006 e 2010, disse que é chegada a hora de Mendanha como próximo governador e que Santa Helena e o Sudoeste goiano o receberam hoje para “dizer em alto e bom som que é a vez de Gustavo”.

“Uma pessoa que teve a votação que ele teve na reeleição em Aparecida foi histórica. Vamos trabalhar diuturnamente com Mendanha para levar as eleições no primeiro turno. Pra mim é uma honra te receber em Santa Helena”, afirmou Alcides Rodrigues.

Filiado ao MDB há 30 anos, o ex-governador, ex-deputado estadual e ex-prefeito de Mineiros, Agenor Rezende, fez questão de participar do ato em apoio a Mendanha. “Fui governador por nove meses, em 1994, quando Iris e Maguito saíram para disputar as eleições, mas fiz por Mineiros e a região Sudoeste mais do que quem teve um mandato inteiro, como esse governador atual, que não fez nada por Mineiros”, sustentou Agenor Rezende.

Emocionado o emedebista, lembrou da trajetória dos ex-governadores Iris Rezende e Maguito Vilela e do ex-deputado estadual Léo Mendanha, que faleceram no ano passado. Para Agenor, Mendanha está preparado para ser governador e a reeleição com 98,8% atesta a competência do jovem e experiente gestor.

Gustavo citou a coragem que o fez renunciar ao cargo de prefeito de Aparecida para ser pré-candidato ao governo porque sentiu a dor do povo, e para que possa cuidar e proteger dos goianos, abriu o diálogo junto às lideranças e hoje percorre o Estado conhecendo os problemas que afligem as regiões. “Hoje é um dia feliz. Vou sair de Santa Helena de alma lavada, sabendo que a cada dia que passa novos e bons quadros estão chegando para que possamos, junto, vencer as eleições”, afirma Gustavo.

O pré-candidato chegou ao encontro acompanhado por, entre outras lideranças, dos dois ex-governadores e fortes lideranças na região Sudoeste; além do prefeito de Santa Helena, João Alberto (Patriota); prefeita de Maurilândia, Edjane Alves (PL) e centenas de pré-candidatos a deputado federal e a deputado estadual e uma multidão de lideranças que acompanharam todo 1° encontro regional dos partidos Patriota, Agir, DC e PMN. Os presidentes dos respectivos partidos abriram o encontro.

Esse é o primeiro encontro regional organizado pelos partidos de oposição. Ao todo serão 10. O próximo será dia 14 de maio, em Niquelândia, no Norte de Goiás.

O presidente do Patriota, Jorcelino Braga, disse que tem a honra e o prazer de ter sido escolhido, em meio a outros partidos para receber o próximo governador do Estado de Goiás. Ao lado de nomes quem compõem o quadro partidário no Estado, Braga afirmou que “o Patriota é um partido que tem em suas fileiras pessoas de responsabilidade e palavra. O Gustavo conversou com vários partidos e tivemos a oportunidade dele nos escolher.

Alexandre Magalhães, presidente do DC, disse ter percebido em suas visitas pelo Estado, ao lado de Gustavo, de que o pré-candidato é sensível às mudanças necessárias.

O vice-presidente do PMN, Leonardo Batista, destacou o crescimento de Aparecida mesmo com a crise enfrentada pelo mundo e comparou com o baixo desempenho do Estado.

Para Fernando Meirelles, presidente do Agir, a cidade está emprestando seu filho ilustre para Goiás, e, que fará no Estado o que foi feito no segundo maior município do Estado.

A primeira prefeita a manifestar apoio a Gustavo como pré-candidato ao governo foi a da cidade de Maurilândia, Edjane Alves (PL). Em seu discurso ela justificou que ele devolverá a dignidade ao goiano.

O prefeito de Santa Helena de Goiás, João Alberto, afirmou que Mendanha expressa a mudança que os goianos tanto desejam e que Santa Helena se sente honrada em ser palco do primeiro encontro regional de uma eleição vitoriosa, que será consagrada nas urnas em outubro.

Liderança na região sudoeste, o ex-prefeito de Rio Verde, Juraci Martins, relembrou da herança política deixada por Maguito ao sucessor na prefeitura de Aparecida: “um jovem que está preparado para gerir o Estado”.

Gustavo Mendanha renunciou a Prefeitura de Aparecida em 31 de março, assumindo em seu lugar Vilmar Mariano (Patriota), que marcou presença na agenda deste sábado. Vilmar reafirmou o apoio e a confiança de que as eleições estaduais vão selar o sentimento das ruas, que desejam ver a mudança no Estado.