Dilma entrega casas construídas em terreno de antigo presídio no Rio

dilmarjA presidente Dilma Rousseff entregou ontem (30), no Rio de Janeiro, dois conjuntos residenciais do Programa Minha Casa, Minha Vida no Estácio, zona norte do Rio, batizados de Zé Keti e Ismael Silva.

Os apartamentos foram construídos no terreno onde funcionou o Complexo Penitenciário Frei Caneca. Dilma lembrou que o presídio chegou a abrigar presos políticos como o escritor Graciliano Ramos e o líder comunista Luís Carlos Prestes. “Aqui era um lugar onde a privação da liberdade era regra”, disse, acrescentando que hoje o local foi transformado em lugar de alegria e moradia para famílias.  “É um recomeço e também um caminho para o futuro”, completou.

A presidenta destacou que o programa costuma entregar a titularidade dos imóveis para as mulheres porque em muitos casos elas são a chefe da família. “Quando o homem for o representante pela criação dos filhos será ele, mas na grande maioria das vezes a titularidade, ou seja, em nome de quem fica o imóvel, é em nome da mulher pelo fato dela representa a família”, explicou.

O presídio foi construído em 1850 por dom Pedro II para ser a Casa de Correção da Corte. O Frei Caneca foi desativado em 2006 com a transferência dos presos para o Complexo de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio.

Dilma elogiou a iniciativa dos governos estadual e municipal de destinar a área para a construção dos conjuntos residenciais em vez de entregar para outras atividades diante do alto valor imobiliário do terreno. “Mesmo considerando o valor imobiliário que aqui seria obtido, tem mais valor para nós a moradia de 998 famílias”, disse a presidenta que, junto com o governador Luiz Fernando Pezão e o prefeito do Rio, Eduardo Paes, destacou que a parceria entre os três níveis de governo foi fundamental para a construção dos conjuntos residenciais.

O ministro das Cidades, Gilberto Occhi, pediu para os novos moradores cuidarem bem dos imóveis e das áreas comuns dos conjuntos residenciais. “Não vendam, não troquem e não façam nada que não seja morar aqui em paz com harmonia e com a graça de Deus”, aconselhou.

O ministro informou ainda que cada família beneficiada hoje vai receber da Caixa Econômica Federal o cartão Minha Casa Melhor, com o qual poderão comprar eletrodomésticos e outros bens para equipar as moradias. “Procurem pechinchar, procurem o lugar mais barato, procurem com calma comprar o que vocês precisam”, pediu.

No fim da cerimônia a presidenta citou uns versos da música Alegria, de Ismael Silva: Foi-se a tristeza, veio a alegria tinha a certeza de ser feliz algum dia. “Acho que é isso que está acontecendo hoje. Vocês tem certeza que chegou o dia de ser feliz”.

No evento de hoje, Dilma voltou a anunciar que o governo deve lançar a terceira etapa do Minha Casa, Minha Vida “em breve”, mas dessa vez não marcou uma data específica.

ABr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios