Aparecida de Goiânia, sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Dicionário de marketing digital, por Vivian Perpétuo

Marcus Vinicius
9 de agosto de 2021

por Vivian Perpétuo

O marketing mudou e a terminologia usada também mudou. Até poucos anos atrás, era comum ouvir profissionais da área falarem sobre programação de rádio, TV VT, anúcios de página dupla em jornais e revistas. Esses termos não deixaram de existir nas comunicações e na publicidade off-line.


Porém com a internet e as redes sociais surgiram inúmeros novos termos com o Marketing Digital e nesse ambiente, a velocidade de evolução é extremamente rápida. A todo o momento, novos termos e conceitos vão surgindo.


Pensando nisso, trouxe um dicionário utilizado no marketing digital com tudo o que você precisa saber. Muitos termos já podem ser conhecidos e outros nem tanto.


Desejo que este material seja útil e possa contribuir para facilitar seu dia a dia.


A
AIDA (Atenção, Interesse, Desejo e Ação.)
A sigla representa as etapas do processo de relacionamento com o consumidor utilizado no marketing e se baseia no comportamento humano. Essa técnica pode ser usada desde os títulos de conteúdos até em vídeos, passando por todos os tipos de contatos com o público.

Alcance
Define-se como alcance em Marketing Digital, o número de usuários que visualizaram uma publicação online.
Em relação ao Facebook, por exemplo, a quantidade tem variação de acordo com o Edge Rank- um algoritmo da rede social.
O alcance pode ser desde orgânico, quando não é impulsionado via promoção de post, ou, ao contrário, pago- através de campanhas via Facebook Ads.

Algoritmo
Os algoritmos das redes sociais são um conjunto de dados e regras estabelecidas por cada rede social, sendo eles os responsáveis por determinar quais conteúdos e quais páginas aparecem primeiro para o público na linha do tempo de suas respectivas contas.

Alt text (texto alternativo)
É usado para descrever uma imagem na internet. Esse texto é lido pelos motores de busca, como o Google, sendo um fator importante de SEO. Também é exibido sempre que o navegador não carrega a imagem.

Analytics
De modo geral, é a informação que resulta da análise de dados ou estatísticas de um site, plataforma, e-mail marketing, testes, entre outros. Pode se referir ao Google Analytics, ferramenta de análise de estatísticas do Google, ou a outras ferramentas similares.

API (Application Programming Interface)
Representa o conjunto de padrões de programação usado para integrações de softwares.

Autoridade de página
Nível de valorização de uma página da internet em comparação com suas concorrentes. Essa relação ajuda a determinar o posicionamento nos resultados da busca referentes a uma determinada palavra-chave. Os principais parâmetros usados para determinar a autoridade de página são a quantidade e qualidade de links que direcionam para ela.

Autoridade do domínio
Semelhante à autoridade de página, porém nesse caso está relacionado ao nome/domínio do site como um todo.

Autorresponder
Sistema automatizado de envio de mensagens, geralmente utilizado via e-mail ou Facebook. Com um autorresponder configurado, cada lead que se cadastra na sua lista de e-mails recebe uma série de e-mails automáticos pré-programados, sem que você precise disparar a cada pessoa individualmente.

Automação de marketing
É tornar determinadas tarefas automatizadas, facilitando o dia a dia e priorizando o foco na estratégia. O termo está bastante relacionado ao uso de e-mail marketing e autorresponder, onde uma série de e-mails é enviada automaticamente para criar relacionamento com os prospectos.

Avatar
Significa a representação de uma pessoa na internet. O avatar faz parte da identidade e presença de alguém no universo digital. Também pode ser usada para se referir aos personagens escolhidos pelas pessoas em jogos online, por exemplo.

B
Banner
São os tradicionais anúncios em forma de imagem veiculados em sites, blogs ou portais de informações. Em geral, o dono do site cobra um valor para que a empresa anunciante divulgue seus produtos e serviços. Também pode ser usado pelo próprio dono do site para conduzir o visitante a páginas específicas.

Base de visitantes
Número de visitantes únicos por dia regulares em um site, ou seja, uma média de visitas diárias recebidas.

Benchmark
Estratégia de análise de concorrência que leva em conta um conjunto de métricas como tráfego e engajamento, além de fatores como canais digitais, palavras-chave, dentre outros aspectos.
Black hat
Conjunto de práticas de SEO consideradas antiéticas. Têm a finalidade de posicionar bem um site nas ferramentas de busca, como o Google.

Blog
Site no qual são publicados artigos, vídeos e imagens com regularidade, a fim de formar uma base de visitantes e mantê-los atualizados periodicamente.

C
CAC (Custo de Aquisição de Cliente)
Métrica que permite que as empresas saibam o quanto estão gastando para conquistar cada cliente novo. Conhecendo esse número é possível criar ou adaptar orçamentos e estratégias de marketing.

Calendário editorial
Agenda de publicações de conteúdo de uma marca ou site baseado em tempo. Assim, como as revistas é a definição das Editorias que irão compor o blog, até mesmo o que será publicado nas redes sociais.

Canais
São os meios pelos quais uma marca se comunica com seu público, como e-mail, redes sociais, blogs, banners em sites parceiros, etc.

Chatbots
Chatbots são programas de computador que conseguem simular o atendimento humano em conversas online (via chat). Ou seja, quando alguém interage com um chatbot, tem a impressão de estar conversando com uma pessoa real (e não uma máquina).

Ciclo de venda
Tempo necessário para uma conversão (fechamento) de venda, contando a partir do primeiro contato do lead com a marca ou produto.

Consistência
Nada mais é do que a realização de uma ação com uma frequência regular, como por exemplo a publicação de conteúdos no blog e redes sociais. A consistência é fundamental para criar uma base de audiência e construir relacionamento.

Conteúdo pago
São conteúdos publicados pelas empresas por meio de qualquer mídia paga, como anúncios no Facebook (incluindo impulsionamentos de posts), banners em sites, Google Adwords, anúncios nas redes sociais.

Conteúdo próprio
Conteúdo criado (ou desenvolvido por meio de curadoria) pela própria marca para o seu público-alvo. Geralmente consiste em posts em blogs ou posts de redes sociais, como textos, vídeos, imagens, gifs, mensagens enviadas por e-mail ou outros canais.

Conteúdo viral
Mensagem ou peça de comunicação que foi amplamente compartilhada e reproduzida, seja na internet ou fora dela. Embora esse efeito possa ser resultado do acaso, muitas vezes é parte de uma estratégia de Marketing Viral.

Copywriting ou apenas Copy
É o processo de produção de textos persuasivos para ações de marketing e vendas, como conteúdos de emails, sites, catálogos, anúncios e cartas de vendas, por exemplo. O profissional responsável pelo desenvolvimento do texto é conhecido como Copywriter.

CPC (Custo por Clique)
Método de cobrança de anúncios no qual o valor a ser pago depende do número de cliques realizados. É utilizado, por exemplo, pelo Google Adwords e Facebook Ads.

CPA (Custo por Aquisição)
Outro método de cobrança de anúncios, porém calculado com base nas conversões realizadas (por exemplo, número de vendas).

CRO (Conversion Rate Optimization)
É a otimização da taxa de conversão, um conjunto de estratégias que visa aumentar o percentual de conversões no website (como por exemplo, vendas ou leads gerados).

CRM (Customer Relationship Management)
É a gestão do relacionamento com o cliente. Em geral, quando se fala em CRM, as pessoas referem-se também aos software que oferecem soluções completas de gestão de relacionamento.

CTA (Call-To-Action)
É uma chamada para ação, ou seja, uma ordem que incentiva o usuário a tomar uma determinada medida, como clicar em um link, baixar um material ou fazer a inscrição para um evento.

CTR (Click Through Rate)
Refere-se à porcentagem da audiência que visualizou sua mensagem e clicou no link disponibilizado, sendo redirecionada à sua página da web.

E
E-book
Nada mais é do que um livro eletrônico. No marketing digital, pode ser usado como material educativo para gerar leads e construir relacionamento com potenciais clientes.

EdgeRank
Algoritmo do Facebook que determina quais posts são relevantes o suficiente para aparecer no feed de notícias do usuário. Leva em consideração três fatores principais: formato do post (imagem, texto, vídeo), idade da postagem (quanto mais recente, melhor) e afinidade (se houve interações anteriores com a fanpage).
Engajamento
No marketing digital, o termo está relacionado às interações que os usuários têm com os conteúdos publicados por uma marca. Pode ser medido em “likes”, comentários, respostas, cliques nos links, etc.

Entrega
Pode-se referir tanto a mensagens como a produtos e serviços. Quando uma mensagem (de e-mail, por exemplo) é enviada a um potencial cliente e é recebida pelo usuário, dizemos que houve a entrega. O mesmo vale para um serviço fornecido que é aceito pelo cliente.

F
Facebook Ads
É a plataforma de anúncios do Facebook para quem deseja anunciar na maior rede social do mundo (e também no Instagram). Permite que você crie anúncios e pague por eles usando a sua conta. O grande mérito do Facebook Ads é a alta capacidade de segmentação, já que você pode escolher características específicas do seu público-alvo para atingir as pessoas certas e aumentar a eficácia dos anúncios.

Facebook Business Suite
Permite aos proprietários de pequenas empresas gerenciar páginas e perfis no Facebook, Messenger e Instagram em um mesmo lugar.
O aplicativo também permite que as empresas postem no Facebook e no Instagram ao mesmo tempo, além de fornecer insights sobre o desempenho das campanhas publicitárias nas plataformas.

Formulário de conversão
Campos de informações (nome, e-mail, telefone) que podem ser preenchidos pelo visitante de um site em troca de algum conteúdo, como um cadastro na newsletter, download de Ebook ou acesso a uma oferta especial.

Frequência
Periodicidade com que uma tarefa é executada, como a atualização de um blog ou as postagens de redes sociais.

Funil de vendas
É uma pirâmide invertida. Já fiz um artigo falando sobre o Funil de Vendas.
Simplificando, são os diferentes estágios em que os seus potenciais clientes se encontram no processo de venda. Enquanto alguns deles estão simplesmente começando a se relacionar com os seus conteúdos, outros já estão praticamente fechando uma compra. Esse é o funil de vendas, que costuma ser dividido em três fases: Topo do Funil (ToFu), Meio do Funil (MoFu) e Fundo do Funil (BoFu).
Para cada uma das etapas deve ser aplicada uma estratégia de conteúdo diferente. Para o topo do funil são usados conteúdos introdutórios com o objetivo de transformar o visitante em um lead (prospecto). No meio do funil, os conteúdos são um pouco mais aprofundados, buscando fortalecer o relacionamento com o usuário e gerar demanda pelo produto ou serviço. Já no fundo do funil, o prospecto está próximo da compra e, nesse caso, os conteúdos devem tirar dúvidas específicas, quebrar objeções e mostrar estudos de caso.

G
Gatilho de e-mails
Esse tipo de configuração dispara uma mensagem a partir de uma ação tomada pelo usuário. Por exemplo, você pode programar para que todas as pessoas que clicarem em um determinado link da sua newsletter recebam um segundo e-mail com mais informações sobre o assunto. Os gatilhos também podem ser usados em outras situações, como vídeos, páginas, etc.

Gatilhos mentais
Gatilhos mentais são os estímulos que o cérebro humano recebe para a tomada de decisão. São.

Google Adwords
Plataforma que permite exibir anúncios nos resultados das pesquisas do Google (no topo ou no lado direito da página), ou ainda em uma rede de sites parceiros. É possível segmentar os anúncios para públicos ou palavras-chave específicas.

Growth Hacking
Conjunto de estratégias que buscam gerar um crescimento rápido na base de clientes. Para isso, envolve diferentes setores e canais, testando diversas ações diferentes.

H
Hashtag
O uso de palavras-chave em redes sociais sendo antecedidas pelo símbolo # ou como é mais conhecido, jogo da velha. Ajudam na busca de conteúdos e na categorização dos mesmos.

Headline
Um título, uma chamada ou uma linha de assunto que chama atenção para que quem estiver visualizando queira ler o texto, o post, o email. Precisa instigar a curiosidade, ser contraintuitivo.

Hiperlink
O termo é de autoria de Ted Nelson e foi criado nos anos 60. Se trata de uma ligação de páginas através de links que se conectam por assuntos relacionados. Ajuda aos robôs do Google a analisarem as páginas, rastreá-las, contribuindo assim com o SEO.

Home
Chama-se home a principal página de um site. No geral, é a primeira página do site, onde temos a apresentação institucional e principais destaques e novidades sobre a empresa, seus produtos e serviços.
Hospedagem
A hospedagem nada mais é do que um serviço de armazenamento de um site. É graças a hospedagem do site que ele se mantém disponível na internet, podendo ser acessado 24h por dia em todo o mundo.
HTML
Linguagem concebida na década de 90 por Tim Berners Lee que ajuda na construção do desenvolvimento de Websites. Se trata de uma sigla para “Hypertext Markup Language”, que em português tema a tradução de Linguagem de Marcação de Hipertexto.

HTTP
Aqui temos uma sigla para o termo “Hypertext Transfer Protocol”, ou “Protocolo de Transferência de Hipertexto” em português.
I
Inbound Marketing
Considerado por muitos como o novo marketing, foca em atrair os clientes gradualmente até a marca e seus serviços (por meio da publicação de conteúdo relevante) ao invés de interromper os consumidores no seu dia a dia. Para isso, usa estratégias de marketing digital e trabalha em quatro etapas: atração, conversão, fechamento e encantamento.
Também já foi publicado aqui uma matéria discorrendo sobre este assunto.

Infográfico
São gráficos e ilustrações com dados e informações sobre variados tipos de assuntos, geralmente abordando pesquisas, preferências, etc.
Infoproduto
Se refere aos produtos digitais, ou seja, cursos, -books, aulas em vídeo, dentre outros que são oferecidos online.
Isca digital
Se refere ao fato de “pescar” o potencial cliente, oferecendo a ele um brinde ou presente, geralmente um Infoproduto. Em troca, ele deve assinar uma lista de e-mail, por exemplo.
K
KPIs (Key Performance Indicators)
Indicadores quantitativos definidos como parte da estratégia de marketing digital de uma empresa. São utilizados para mensurar as ações e monitorar o cumprimento das metas, acompanhando o progresso com base nos números.

L
Landing Page
Uma “página de aterrissagem” é qualquer página que atua como filtro de público e porta de entrada para os visitantes de um site ou outra página. No marketing digital, costuma ter um objetivo de conversão específico, como vendas ou geração de leads.

Lead
É um potencial cliente. No marketing digital, o termo é usado para se referir a um usuário que demonstrou interesse na sua empresa e inseriu seus dados (e-mail, nome, etc.) em um formulário de conversão. Esse processo é denominado “geração de leads“. Normalmente, o lead recebe mais conteúdos e informações através do funil de venda, podendo se transformar em cliente.

Lead qualificado
É o lead que está pronto para receber uma oferta.

Lead scoring
Sistema de pontuação que classifica os leads de acordo com seus comportamentos. É usado para analisar se um lead é ou não qualificado (como por exemplo, para receber uma oferta de produto).

Links patrocinados
Anúncios pagos exibidos nos resultados de uma busca (no Google, por exemplo) de acordo com as palavras-chave usadas ou em sites parceiros.

Long tail keywords
São as palavras-chave de cauda longa, que representam termos de pesquisa mais específicos. Sofrem menos concorrência tanto na busca orgânica como nos leilões de palavras-chave para quem trabalha com links patrocinados. Por exemplo: em vez “sapato feminino”, poderia ser utilizado o termo “sapato de salto alto vermelho”.

M
Marca
É a representação simbólica de uma entidade, qualquer que ela seja, algo que permite identificá-la de um modo imediato como, por exemplo, um sinal de presença, uma simples pegada. Na teoria da comunicação, pode ser um signo, um símbolo ou um ícone. Uma simples palavra pode referir uma marca.

Marketing de Conteúdo
Faz parte da estratégia de Inbound Marketing. Tem o objetivo de atrair um determinado público-alvo por meio da produção e publicação de conteúdos relevantes nos mais diversos formatos, como textos, vídeos, Ebooks e infográficos. Trabalha as diferentes etapas do funil de vendas, gerando conteúdos específicos para cada uma delas.

Mídia espontânea
Este tipo de conteúdo não é criado pela empresa, mas sim pelos fãs ou outros usuários. Daí o nome mídia espontânea, já que a marca ganha espaço na mídia sem precisar pagar por ele. Em geral, são mensagens compartilhadas por fãs nas redes sociais, podendo ter os mais diversos formatos.

Modelo de negócio
Define como a empresa cria seus produtos e serviços, como ela os entrega ao público-alvo e como recebe os pagamentos. É a base de qualquer empreendimento que vise o lucro, a construção de ativos e a geração de valor para a marca.

MQL (Marketing Qualified Leads)
São as leads que foram nutridas e qualificadas pelo time de Marketing, encaminhando para ficarem prontas para o time de vendas. Quando esses leads estão prontos para serem abordados pelo time de vendas, eles se tornam SQLs.

N
Nutrição de leads ou Fluxo de nutrição
É o processo, normalmente automatizado em uma sequência de e-mails, que têm o objetivo de estreitar relacionamento com o prospecto e aproximá-lo do momento da compra. Por exemplo: ao se cadastrar para ver dicas sobre finanças pessoais, o usuário recebe automaticamente uma série de e-mails e conteúdos educativos sobre o assunto, podendo incluir a oferta de algum serviço ou produto relacionado.

O
Outbound Marketing
Oposto de Inbound Marketing, é o marketing tradicional, em que anunciantes usam a publicidade para “ir até os consumidores” ao invés de atraí-los até a marca. Geralmente está relacionado à interrupção, como nos comerciais de TV ou rádio.

P
Palavra-chave
Palavra ou expressão que resume um tema ou assunto de busca na internet. Por exemplo: um conteúdo voltado para a área de ganho de massa muscular pode utilizar a palavra-chave “como ganhar massa magra”. Os esforços de SEO baseiam-se nesses termos para otimizar as páginas e aparecer nos resultados do Google.

Páginas por visita
Número médio de páginas visualizadas por um único visitante durante um determinado período de tempo. Por exemplo, se cada pessoa que entra no seu site acessa em média 3 páginas, essa será a estatística de páginas por visita.

Páginas visualizadas (page views)
Número de vezes que uma página web (ou um conjunto de páginas) é visualizado pelo público durante um determinado período de tempo.
Persona
Personagem que representa o cliente ou consumidor ideal para um produto ou serviço da empresa. Reúne características demográficas (nome, idade, gênero, escolaridade, etc.) e comportamentais (gostos, preferências, aspirações, frustrações, etc.).

Planejador de Palavra-Chave do Google
Ferramenta gratuita fornecida pelo Google dentro do Google Adwords. Com ela, você pode conferir a quantidade de pesquisas médias mensais para os termos de pesquisa relacionados ao seu site, identificando tendências e planejando seus conteúdos. Também é possível ver quanto custa anunciar para as palavras-chave em questão, desenhando suas campanhas publicitárias.

R
Rede de Display do Google:
Cadeia de sites, portais e blogs que têm anúncios do Google Adwords exibidos em suas páginas.

Retargeting
Consiste em impactar usuários que já tiveram contato com a sua mensagem, site ou conteúdo. Isso é possível por meio da tecnologia, utilizando os cookies dos navegadores de internet. Dessa forma você pode, por exemplo, configurar uma campanha para ser exibida a todas as pessoas que visitaram a sua página de vendas na última semana.

ROI (Return on Investment)
Em português, Retorno sobre Investimento. É a relação entre a receita e os gastos quando se trata de marketing. Por exemplo: uma campanha com R$ 100 de investimento e retorno de R$ 500 apresenta um ROI de 500%.

S
Sazonalidade
Ciclo de negócios que sofre influência de eventos baseados no calendário anual.

Segmentação
Definição de uma campanha ou estratégia de conteúdo por público-alvo, com definições que incluem faixa etária, gênero, profissão, hábitos de consumo, nível de renda, etc.

SEM (Search Engine Marketing)
É o conjunto de estratégias com a finalidade de promover um site nas buscas do Google, Bing, Yahoo!, etc. Engloba tanto a parte de Links Patrocinados (Google Adwords, por exemplo) como SEO (busca orgânica).

SEO (Search Engine Optimization)
É a prática de preparar um website para ser rapidamente, facilmente e devidamente indexado pelo Google ou outros motores de busca. Por meio de estratégias de SEO, um site pode conquistar uma melhor posição nas pesquisas, obtendo mais tráfego vindo das buscas orgânicas.

SERP (Search Engine Results Page)
Página que contém os resultados de uma pesquisa em ferramenta de busca, como o Google.

SQL (Sales Qualified Leads)
São aqueles leads que cumpriram todos os critérios de qualificação mínimos para serem abordados pelo time de vendas da empresa.

Squeeze page
Uma modalidade de landing page usada especificamente para captação de emails de potenciais clientes (geração de leads).

Storytelling
É a prática de se contar uma boa história que consiga reter a atenção de quem estiver ouvindo. Histórias conectam e é uma excelente forma de aproximar as pessoas com sua marca ou produto.

T
Taxa de abertura
Porcentagem de pessoas que abrem um e-mail enviado pela empresa.

Taxa de cliques
Porcentagem de pessoas que clica em qualquer um dos links contidos em um e-mail ou outro conteúdo (como uma publicação nas redes sociais) enviado pela empresa.

Taxa de conversão
Porcentagem de usuários que completa uma determinada ação desejada pela empresa, sendo “convertidos” em clientes ou leads, por exemplo. A taxa de conversão pode ser utilizada e medida nos mais variados canais, como e-mail marketing, páginas de vendas, blog, entre outros.

Taxa de entrega
Porcentagem de mensagens que são efetivamente entregues aos usuários ou potenciais clientes. Costuma ser usada quando o assunto é e-mail marketing, já que as taxas de entrega de e-mails costumam variar de acordo com a ferramenta utilizada, peso da mensagem, assunto, entre diversos outros fatores.

Tempo no site
Tempo médio durante o qual um visitante permanece ativo em um determinado website.

Teste A/B
Teste feito com duas ou mais variações de uma página, publicação ou e-mail. O objetivo é avaliar qual das versões apresenta melhor desempenho tendo como base a resposta dos usuários. Por exemplo: você pode enviar dois e-mails com assuntos (títulos) diferentes e testar qual deles conquista a maior taxa de abertura.

Tráfego orgânico
Visitas no website vindas de fontes pelas quais a empresa não pagou para ter seu conteúdo exibido. É o caso de acessos diretos no blog, redes sociais (sem impulsionamento ou anúncios), buscas naturais do Google, visitas vindas de compartilhamentos feitos por fãs, visitas vindas de cliques na newsletter, entre outros.

Tráfego pago
Visitas no website vindas de anúncios e publicações pagas, seja nas redes sociais, banners, Google Adwords, etc.

Twitter Ads
Plataforma do Twitter que permite pagar para alcançar mais pessoas na rede social, segmentando usuários de acordo com o perfil do seu público-alvo.

W
Webinar
Também chamado de “hangout” ou “webinário”. É uma aula, palestra, entrevista ou qualquer outro tipo de conteúdo transmitido ao público em formato de seminário on-line, podendo ser exibido ao vivo ou gravado.

Como dito no início tudo no digital é muito rápido. Procurei colocar aqui o máximo de termos que utilizamos hoje.

Vivian Perpétuo
Gestora de Redes Sociais
@40maisdigital
[email protected]

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram