Aparecida de Goiânia, segunda-feira, 25 de outubro de 2021
Polícia

Detentos começam a serem vacinados em Goiás

Redação
27 de maio de 2021

Mais de 390 detentos foram vacinados em 28 unidades prisionais do Estado

whatsapp image 2021 05 25 at 16.42.00 e1621971633124

A Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), sob orientação das secretarias de saúde dos municípios, começou no último dia 19/05, a vacinação da população privada de liberdade contra a Covid-19, seguindo às determinações do Plano Nacional de Imunização (PNI). Cerca de 391 presos já foram vacinados, priorizando o grupo que possui alguma comorbidade ou por faixa etária decrescente.

Foram vacinados detentos das unidades prisionais de Itaberaí, Itapuranga, Jaraguá, Jussara, Cidade Ocidental, Alexânia, Cristalina, Santo Antônio do Descoberto, Buriti Alegre, Corumbaíba, Itumbiara, Piracanjuba, Aragarças, Caiapônia, Indiara, Iporá, Jataí, Padre Bernardo, Planaltina, Rio Verde (Unidade Prisional Regional e Casa de Prisão Provisória), Luziânia (Penitenciária Masculina, Casa de Prisão Provisória e Unidade Prisional Feminina) e Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia (Casa de Prisão Provisória, Central de Triagem, Penitenciária Odenir Guimarães e Penitenciária Feminina Consuelo Nasser).

De acordo com o PNI, o planejamento e operacionalização da vacinação nos estabelecimentos penais deverão ser articulados com as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde e Secretarias Estaduais de Segurança Pública ou correlatos, conforme a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional (PNAISP). Em Goiás, a vacinação acontece à medida em que as secretarias municipais disponibilizam as doses para as unidades prisionais.

A população carcerária entra no PNI como grupo prioritário por ser um grupo vulnerável em situação de maior impacto para casos da Covid-19, já que é difícil estabelecer distanciamento social dentro dos estabelecimentos penitenciários.

Segundo levantamento da DGAP, dos 21.961 presos do sistema penitenciário goiano, 2.309 até ontem (24/05) foram contaminados pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. Desses, 2.193 estão recuperados, 43 seguem em tratamento e 11 vieram a óbito. Outros 62 casos são contabilizados pela instituição, mas tratam-se de detentos que receberam alvará de soltura e estão fora do sistema prisional.

Desde o início da pandemia, a DGAP tem atuado de forma preventiva para evitar casos de Covid-19 no sistema penitenciário goiano. As unidades prisionais passam por processo de desinfecção constantemente, os presos que ingressam no sistema ficam em quarentena, a testagem dos custodiados e servidores é realizada periodicamente tanto em casos suspeitos quanto na busca ativa, os servidores foram treinados sobre os procedimentos de prevenção e de combate ao coronavírus, entre outras ações.

Expectativa

Em Anápolis também há previsão de começar a vacinação dos custodiados a partir de amanhã (26/05), já que existe uma recomendação do Ministério Público para vacinar os cerca de 650 presos do município. Hoje (25/05) mais 69 presos do Complexo Prisional também devem ser vacinados por critério de idade. A DGAP seguirá imunizando a população privada de liberdade de acordo com a liberação das doses pelas secretarias municipais de saúde até que todos os detentos sejam vacinados. Com informações da SSP-Go

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram