Descubra os encantos do Arquipélago das Berlengas, em Portugal

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Refúgio natural garante muita tranquilidade e um cenário inesquecível

A menos de 100 quilômetros de Lisboa fica um importante destino litorâneo de Portugal: Peniche. A cidade conta com inúmeras praias ótimas, que atraem não apenas banhistas que aproveitam o sol, a areia e o mar, mas principalmente surfistas, já que as ondas por ali são propícias para o esporte. Mas, a partir de Peniche, é possível chegar a um destino ainda mais incrível do país, o Arquipélago das Berlengas.

Basta um passeio de trinta minutos de barco para chegar à principal ilha, a Berlenga Grande, e a paisagem é tão deslumbrante que mal se vê o tempo passar, ainda mais quando o dia está ensolarado.

Influenciadas pelos climas Mediterrâneo e Atlântico, as Berlengas têm fauna e flora únicas no mundo, o que levou o arquipélago a ser transformado em uma Reserva Natural. Por isso, ele é um refúgio muito exclusivo e tranquilo da costa portuguesa, com um limite de visitantes diários. Além disso, as visitas são realizadas apenas entre maio e setembro, nos meses mais quentes do ano.

Embora seja a maior ilha do arquipélago, a Berlenga Grande é, na verdade, pequena, com 1.500 metros de comprimento e 800 de largura. Basicamente, é possível dar uma volta nela caminhando em cerca de uma hora. Mas há muito o que ver e fazer por lá, a começar pela praia de areia dourada, onde vale a pena passar o dia aproveitando o sol e o mar muito verde e cristalino.

A reserva é um ótimo lugar para o mergulho, já que a vida marinha é extremamente rica, com diversas espécies de peixes multicoloridos. Além disso, há vários navios naufragados nos arredores da ilha, que garantem um cenário incrível para a prática.

Outra atividade popular é a exploração das grutas que existem por lá, que são acessíveis pelo mar. A mais famosa é chamada de Furado Grande, e ela atravessa praticamente toda a ilha. A Cova do Sonho também é muito amada pelos turistas, assim como Furado Pequeno, que só pode ser visitada quando a maré está baixa.

Também é possível fazer trilhas pela ilha ou passeios de barco para observar golfinhos e baleias, que nadam livremente nesta região.

Duas construções chamam a atenção no destino. A primeira é o Forte de São João Baptista, construído para defender o território português de ataques inimigos no século 17. Sua estrutura imponente rodeada pelo mar de cor vívida é uma belíssima vista. A segunda é o Farol das Berlengas, que tem 29 metros de altura. Foi construído em 1840 e funciona até hoje, mas desde 2001 utiliza apenas energia solar.

Denuncias e Informações? Chat via WhatsApp