De Goiás para o mundo! Wendell Lira vence Prêmio Puskas; Messi é o Bola de Ouro 2015

0
90

De Goiás para o mundo. Essa é a história do atacante Wendell Lira, formado nas categorias de base do Goiás, com passagem pelo Goianésia e hoje jogador do Vila Nova. É dele o gol mais bonito do ano de 2015, vencedor do Prêmio Puskas da Fifa. Ele concorreu com nada mais que Lionel Messi, do Barcelona-ESP, e Florenzi, da Roma-ITA.

Wendell Lira foi autor de um belíssimo gol de bicicleta contra o Atlético, no Campeonato Goiano de 2015. Nem Messi, que saiu da lateral para driblar quase o time inteiro do Atlético de Bilbao ou Florenzi, que encobriu Ter Stegen, do Barcelona, com um chutão que partiu do meio-campo, foram páreos para o brasileiro.

Ele venceu com 46, 7% dos votos. Messi obteve 33.3% e Florenzi 7,1%. Pelo primeiro lugar, Wendell Lira levou um prêmio de 80 mil dólares. Em seu discurso muito emocionado no palco, Wendell Lira agradeceu à família e ao Brasil pelos votos e citou a passagem da história de Davi e Golias:

“Estou muito feliz com tudo isso, agradeço muito à família e a todo o Brasil que votou em mim. É uma realização, estou conhecendo meus ídolos que eu só via pelo videogame. Queria citar também uma passagem da bíblia, que diz que ao verem Davi e Golias, o povo viu o tamanho e a força de Golias, enquanto Davi viu a grandeza de Golias como um alvo mais fácil a ser acertado. É assim que devemos lidar com nosso problemas. Obrigado a todos”, finalizou.

Mas nem só do Prêmio Puskas foi feito a cerimônia da FIFA. Outro brasileiro concorrente não teve a mesma sorte. Concorrendo com Messi e Cristiano Ronaldo ao prêmio de melhor jogador do mundo em 2015, Neymar viu o companheiro de Barcelona levantar a quinta Bola de Ouro. Messi teve 41,33% dos votos, Cristiano Ronaldo somou 27, 76% e Neymar chegou a 7,86%.

A Bola de Ouro feminina foi vencida pela estadunidense Carli Lloyd. Ela concorria com a japonesa Aya Miyama e a alemã Célia Sasic. Na categoria de técnicos, Luis Henrique superou Pep Guardiola e Jorge Sampaoli e foi eleito o melhor treinador de 2015. Na categoria feminina, Jill Ellis foi a vencedora.

A seleção do mundo ficou da seguinte maneira: Neuer; Daniel Alves, Thiago Silva, Sérgio Ramos e Marcelo; Inieste, Modric e Pogba; Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo.

730