Aparecida de Goiânia, domingo, 11 de abril de 2021

Dandara: game ensina a lutar contra a ditadura militar de 1964 no Brasil

Redação
2 de março de 2021

Dandara é um game brasileiríssimo. A começar pelo nome da heroína: Dandara, mulher de Zumbi de Palmares, que segundo registros históricos era uma guerreira que jogava capoeira, caçava e era a líder das soldadas mulheres do Quilombo Zumbi dos Palmares.

O projetado estúdio mineiro Long Hat House, de Belo Horizonte, formado por João Brant e Lucas Mattos, foi eleito um dos 10 melhores do ano pelo ranking da revista Time em 2018. 

No game heroína é despertada para salvar a Terra de Sal que sofre a Opressão do vilão o general Eldar, cujo visual lembra os generais da ditadura militar brasileira (1964-1985). Dandara, a heroína que lutou contra a escravidão no Brasil, vai mais uma vez fazer a luta pela liberdade.

A Opressão proibiu a música, a dança, as artes plásticas, o teatro e tudo que significa expressão e liberdade. Para salvar a Terra de Sal, Dandara conta exatamente com os artistas para ganhar poderes e derrotar a Opressão.

Jogar Dandara: Trials of Fear Edition me trouxe um grande sentimento de orgulho. Em uma indústria tão gigantesca e que conta com poucos representantes brasileiros, é contagiante ver nossas desenvolvedoras tupiniquins buscando seu lugar ao sol com títulos de grandes qualidades e que mostram um pouco da nossa cultura ao mundo.

O designer do gama trás várias referências ao Brasil, como Tarsília, que faz lembrança à renomada pintora Tarsília do Amaral, e o seu quadro mais famoso, "O Abapuru", obra símbolo da arte moderna brasileira, que se encontra no museu Malba, em Buenos Aires, Argentina.

Os Arcos da Lapa, do Rio de Janeiro, tambores, gingas, danças e imagens de prédios que lembram bairros de Belo Horizonte também compõe o cenário do jogo.

Dandara é um jogo brasileiro indie que recebeu atualização e agora é Dandara Trials of Fear Edition. O Game é distribuído pela Raw Fury.

Dandara encontra Tarsília, a cena reproduz o quadro Abaporu, de Tarsília do Amaral

O Trials of Fear Edition é uma atualização que traz conteúdos adicionais, como três áreas totalmente inéditas, um chefão, poderes, uma nova habilidade para a protagonista, mais músicas e um novo final secreto.

Requisitos mínimos de Dandara

  • SO: Microsoft Windows XP
  • Processador: 1,8 GHz
  • Memória RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 1 GB

Segundo os desenvolvedores, jogar com um controle é extremamente recomendado.

Detralhe: O que o universo do game não é influenciado pela gravidade que conhecemos e, assim, nossa heroína pode se deslocar de forma única pelos cenários, deixando de lado a simples movimentação habitual dos jogos, para investir num deslocamento feito inteiramente através de longos saltos.

Basta apontar para o ponto que queremos saltar (cujo local é sempre demarcado por um material branco) e apertar um botão para realizar o salto, seguindo então para o próximo ponto e assim por diante.

É um sistema fácil de se lidar e tão original em sua execução que confere um estilo e uma abordagem única ao jogo. Apesar de ter um ar limitador por não permitir que nos movamos de maneira livre pelos cenários, este sistema de deslocamento abre possibilidades de movimentações que não vemos em outros jogos, já que permite que nos deslocamos pelos tetos e paredes com tanta desenvoltura quanto nos movimentaríamos pelo chão. (Com informações do canal do IGN Brasil )

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram