Corpo da bancária baleada após sair da igreja é enterrado em Goiânia

Polícia ainda não tem pistas dos suspeitos e nem o que motivou o crime.

thaizzeO corpo da bancária Thaizze Peres, de 27, morta dois meses após ser baleada na cabeça após sair de uma igreja foi enterrado no início da noite desta quinta-feira (15) no Cemitério Parque Memorial, em Goiânia. A Polícia Civil ainda não tem pistas dos suspeitos e nem o que motivou o crime.

A morte de Thaizze foi constatada na quarta-feira (14), no Hospital Santa Mônica. A unidade de saúde não informou a causa da morte. Porém, o velório só começou no início desta tarde, pois o corpo da jovem precisou passar por um exame de necropsia no Instituto Médico Legal.

Ao G1, o médico responsável pelo procedimento, Wagner Rodrigues, informou que era preciso elaborar o laudo médico legal. “O laudo vai fazer parte do inquérito policial. Ele mostra toda a parte dinâmica do fato, no caso, da bala no corpo”, explicou.

Investigação
Responsável por investigar o caso, o delegado Fernando Fernandes, do 13º Distrito Policial, explicou ao G1 que, até o momento, a polícia não identificou nenhum suspeito nem definiu a motivação do crime. “Acreditamos que houve uma tentativa de assalto, mas não temos a comprovação”, disse.

O delegado informou que não foi possível fazer o exame de balística do projétil que atingiu Thaizze. A bala foi retirada da cabeça da vítima seis dias após o crime. “O projétil estava bastante danificado, não terá nem como fazer a perícia. A bala já foi devolvida à polícia e juntada ao inquérito”, afirmou. Com a morte da bancária, a investigação do crime será transferida para a Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH).

Thaizze foi baleada no dia 29 de outubro do ano passado, logo após sair da Igreja Sagrada Família, onde ministrava aulas de catequese. De acordo com a Polícia Militar, a jovem estava em seu carro, quando dois homens em uma motocicleta se aproximaram e um deles realizou os disparos. Eles fugiram em seguida sem levar nenhum pertence da vítima. Após ser baleada, ela perdeu o controle do veículo e colidiu contra uma pilastra.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios