Aparecida de Goiânia, sexta-feira, 17 de setembro de 2021
Economia

Convênio beneficia 700 empreendedores

Redação
23 de junho de 2021

Ação beneficia pequenos empreendedores produtores de artigos da linha têxtil, panificação, artesanato, cultura e de economia criativa, com materiais recicláveis.

A Prefeitura de Aparecida oficializou nesta quarta-feira (23), na Cidade Administrativa Maguito Vilela, o lançamento de um convênio para apoiar financeiramente cerca de 700 famílias que atuam na Feira do Artesanato. Assinado entre o município, a Fundação Banco do Brasil e Rede de Empreendimentos Econômicos, Sociais, Culturais, Solidários e Feira do Artesanato de Aparecida, o convênio é gerenciado pela Secretaria Municipal de Habitação.

Através do convênio serão destinados recursos financeiros para compra de máquinas, equipamentos e matéria-prima necessários à produção feita pelas famílias vinculadas à Rede de Empreendimentos. Elas produzem artigos da linha têxtil, panificação, artesanato, cultura e de economia criativa, onde são utilizados materiais recicláveis.

O objetivo também é de proporcionar o desenvolvimento técnico e empreendedor dos membros dos grupos, que estão organizados em 12 entidades representativas, entre associações e cooperativas. O valor a ser destinado à iniciativa chega a R$ 500 mil.

Secretário de Habitação de Aparecida, William Panda ressaltou que a Prefeitura de Aparecida foi a única instituição selecionada em Goiás pela Fundação Banco do Brasil para receber o programa de financiamento do terceiro setor.

“Aparecida foi escolhida porque a nossa cidade anda no caminho muito bom. Agora, aquilo que foi sonhado lá atrás, já não é mais um sonho, é realidade. Temos a oportunidade de trazer estruturação para essa rede”, disse William Panda.

CONVENIO COM BANCO DO BRASIL RODRIGO ESTRELA 7 SITE 3
Lançamento do convênio reuniu membros do secretariado, vereadores e beneficiários do programa – Foto: Rodrigo Estrela

Representante do Banco do Brasil (BB), o superintendente de Varejo Centro-Oeste, Gustavo Henriques da Rosa, explicou os diferenciais que a instituição viu no projeto apresentado pela Prefeitura de Aparecida.

“A Fundação encontrou um projeto muito bem feito, com viabilidade econômico-financeira e, mais do que isso, um projeto que promove a inclusão dessas pessoas no mercado de trabalho, ajudando no crescimento econômico da cidade”, contou Gustavo.

Segundo a coordenadora da Rede de Empreendimentos de Aparecida, Rutiléia Lisboa, a destinação dos recursos era aguardada há muito pela rede. “[O convênio] vai fomentar bastante esse terceiro setor nas ações voltadas à economia criativa do nosso município.”

O prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, foi representado no lançamento do convênio pelo secretário de Desenvolvimento Urbano, Max Menezes. Ele enalteceu a participação do terceiro setor na construção da história já quase centenária da cidade. “São pessoas que lutam há muito pelo desenvolvimento de Aparecida”, observou Max.

O secretário Max Menezes também pontuou a parceria com o Banco do Brasil e lembrou que o BB foi uma das primeiras instituições bancárias a se instalar em Aparecida. “Não existe projeto que possa dar certo se não tiver parcerias”, concluiu Max.

A iniciativa do convênio

O Grupo Técnico Social da Secretaria Municipal de Habitação coordenou e viabilizou a realização do convênio. Conforme o secretário de Habitação, William Panda, a iniciativa surgiu em uma das visitas constantes da equipe da Habitação à Associação Quilombolas Urbanas do setor Jardim Cascata, contemplada por moradias do programa Minha Casa Minha Vida. “Constatamos muitas famílias que, por falta de emprego e renda, não conseguiam pagar nem a prestação mínima da casa, que é cerca de R$ 50”, acrescentou William, justificando a implementação do convênio.

Compõem a Rede de Empreendimentos Econômicos, Sociais, Culturais, Solidários de Aparecida: Associação Quilombolas Urbana Jardim Cascata, Grupo Arte Vida Bem Viver do Terra do Sol e Continental, Grupo de Saúde Mental Tecelagem Aurora, Grupo Mulheres Empreendedoras do Nova Olinda, Grupo Mãos Ativas, Grupo Cantinho da Beleza parceria com Associação de moradores do Santa Fé, Grupo Apoiar – parceria com Associação de moradores do Jardim Rosa do Sul, Grupo de Panificação Pão é Vida, Grupo Artesanato Arte com Amor, Grupo de Artesão do Residenciais Buriti Sereno I II e III, Cooperativa de Catadores de Aparecida (COOCAP), Cooperativa de Catadoras Feminina de Aparecida (COORFAP) e Feira Artesanal.

DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES?

envie um email para

[email protected]

2005 - 2021
magnifiercross linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram