Contribuinte aparecidense em débito tem até dia 19

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

prazo venceria hoje, 8 mas foi prorrogado por mais 10 dias

O Programa de Recuperação Fiscal 2019 (Refis) da Prefeitura de Aparecida de Goiânia oferece aos contribuintes e empresas inadimplentes, condições especiais para pagamento de impostos e tributos foi prorrogado por mais 10 dias. A negociação teve início no dia 1º e terminaria neste sábado, 09, mas atendendo a um pedido da população e dos vereadores, a Prefeitura resolveu prorrogar o prazo para o dia 19 de novembro, assim todos aqueles que estão em débito com o município poderão aproveitar os descontos nos juros e multas.

Os interessados em participar do Refis devem procurar uma das seis unidades do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) ou os postos de atendimento nos Vapt-Vupts do setor Garavelo, Buriti e Araguaia Shopping. “Vimos a necessidade de prorrogar este prazo devido a alta procura pela negociação dos débitos para que todos regularizem sua situação junto à administração”, comentou o secretário da Fazenda, André Luis Rosa informando que devido aos feriados de Emancipação Política de Aparecida e Proclamação da República as unidades do SAC não estarão abertas nos dias 14, 15, 16 e 17 de novembro.

De acordo com o secretário, no programa Refis deste ano, está sendo aplicado desconto de 90% sobre juros e multas para quitação à vista de Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto Territorial Urbano (ITU), Imposto Sobre Serviço (ISS) e outras taxas. O programa também prevê redução de até 60% para multas formais decorrentes de infrações ambientais, consumeristas, obras e edificações, posturas, tributárias e vigilância sanitária para pagamento à vista.

O contribuinte que optar pelo pagamento parcelado de ITBI, IPTU, ITU e ISS também terá redução sobre juros e multas. Quem dividir os débitos em até seis vezes, terá 70% de desconto. Para pagamentos divididos de sete a 12 vezes, o desconto concedido será de 60%. “A expectativa é atender 30 mil contribuintes até o dia 9 de novembro e a previsão é arrecadar R$ 15 milhões de imediato com pagamentos à vista. No total será arrecadado R$ 25 milhões com os parcelamentos e todo o montante será aplicado em obras no município”, disse o secretário.

Para quitação de multas formais, os percentuais serão de 50 e 40%, respectivamente. As empresas inadimplentes poderão ainda realizar a negociação de ISS em até 36 vezes com desconto de 60% sobre juros e multas moratórios. “Em caso de não cumprimento do parcelamento o contribuinte ficará impedido de participar do Refis por 60 meses, ou seja, cinco anos”, alertou a secretário.

Refis – O Refis foi instituído pela Lei Complementar nº 133, em 24 de novembro de 2017, nas edições realizadas desde então, em 2017 e 2018, o programa foi um sucesso. Cerca de 58,4 mil contribuintes já foram atendidos, o que resultou num ingresso de mais de R$ 42,7 milhões aos cofres públicos, que foram revertidos em saúde, educação e infraestrutura. O contribuinte poderá se dirigir a qualquer das unidades de atendimento do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) para realizar a negociação.

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.