Conselho de Habitação discute ações para beneficiar famílias com casa própria em Aparecida

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Em reunião realizada nesta segunda-feira, 20, o Conselho Municipal de Habitação de Interesse Social de Aparecida de Goiânia revogou o item que tratava a regionalidade como sendo uma das condições de pontuação dentro dos programas habitacionais do município. “Diante das novas realidades do Programa Minha Casa Minha Vida, foi necessário revogar a resolução para que continuemos beneficiando as famílias que precisam de moradia própria em Aparecida”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico e responsável pela pasta da Habitação, Ozair José.

O secretário enfatiza que os demais critérios do Decreto nº 050 de 29 de março de 2016 continuam valendo. Além desta discussão, a reunião do conselho aprovou o encaminhamento de convite à Caixa Econômica Federal para que representantes do banco possam participar da próxima reunião. “Nosso objetivo é o de capacitar os conselheiros para que possam atuar junto a faixa 1,5 do MCMV. Todo esse esforço faz parte da ação da secretaria e do prefeito Gustavo Mendanha para viabilizar empreendimentos de habitação popular em Aparecida”, sublinhou Ozair.

O Conselho de Habitação é composto por membros do Poder Público Municipal, do Legislativo, Movimento Popular e Entidades ligadas a área de habitação conforme lei municipal 3.184 de 11 de junho de 2014.

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.