Compartilhamento de bikes chega a Ceilândia e Samambaia

Cidades que compõem a região metropolitana de Brasília também receberão sistema de compartilhamento de bikes.

As cidades de Samambaia e Ceilândia que fazem parte da região metropolitana de Brasília também serão contempladas pelo Sistema de Compartilhamento de Bikes, que já é sucesso na região central da capital do Distrito Federal. A autorização para a expansão do projeto foi publicada bike df3na quinta-feira,24, no Diário Oficial do DF. O Chamamento Público para empresas interessadas em operar o sistema nas duas regiões será divulgado em 15 dias.

A fase inicial de implantação, tal qual acontece em Brasília, possui caráter experimental. O objetivo é oferecer aos usuários transporte não motorizado, como solução sustentável para facilitar o deslocamento urbano e melhorar o trânsito.

A ideia é garantir a mobilidade por bicicletas em regiões que já possuem malha cicloviária, conforme destacou o secretário de Governo, Gustavo Ponce de Leon. “O objetivo é assegurar a mobilidade urbana sustentável e o deslocamento seguro dos usuários nas cidades. Com essas ações, promovemos a qualidade de vida e cuidamos do meio ambiente”, afirmou o secretário.

BALANÇO

Em Brasília, as 200 bicicletas disponíveis foram utilizadas mais de 20 mil vezes, e, diante da crescente demanda, a cidade ganhará mais 200 bikes até o fim de julho. Brasília terá 40 estações. O site do serviço recebeu 30 mil cadastros.

O Bike Brasília é uma das ações previstas no Plano de Mobilidade Por Bicicletas no Distrito Federal, que indica, também, a construção de mais ciclovias e de estacionamentos para bicicletas, entre outras iniciativas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios