Com time calmo e unido, Atlético não toma conhecimento e vence o América-MG por 3 a 0

Para quemdragao esperava um time ansioso, encontrou uma calmaria rara. Para quem esperava um baile do líder, viu o líder tomar um baile como ainda não havia acontecido na Série B. Quem ditou o ritmo? O Atlético, que vinha de derrota, mostrou força em casa e comandando as ações durante toda a partida, venceu o América-MG por 3 a 0.

Diante do líder da Série B, o Atlético mostrou uma postura muito precavida, mas ao mesmo tempo, se mostrava tranquilo, como se tivesse iniciado a partida vencendo. Tanto que o América-MG tentou arriscar as principais jogadas nos primeiros dez minutos. Aos cinco, Mancini até recebeu na frente da zaga, mas perdeu na velocidade para Artur. Aos nove, Ricardinho tentou, mas a bola subiu demais.

O Atlético, então, resolveu se soltar um pouco, e obteve o resultado esperado. Aos 11. Jonas alçou na área, Matheus saiu do gol todo atrapalhado e a bola sobrou para Jorginho, que tocou de cabeça, por cobertura, e abriu o placar. Animado, o Dragão passou próximo de ampliar aos 14 quando Juninho teve a chance, mas o chute saiu mal. O mesmo Juninho acertou o pé aos 24, mas o goleiro Matheus impediu o segundo gol.

Entretanto, Matheus nada pôde fazer aos 36min, quando o contra-ataque rubro-negro foi mortal. Fábio Lima fez belo lançamento para arrancada de Juninho, que parou, rolou para Jorginho, que disparou para defesa do goleiro mineiro. Na sobra, Thiago Feltri cruzou, Viçosa dividiu e a bola sobrou para Fábio Lima completar para o gol. 2 a 0. Quase entregue, o Coelho mineiro teve a melhor chance quando o zagueiro André, na cara do gol, chutou por cima, de forma inacreditável.

[saiba_mais]

2º tempo

Com Júnior Negão na vaga de Obina, o técnico Moacir Júnior tentou dar mais mobilidade ao ataque do Coelho, só que a tentativa saiu pela culatra. O que mexeu mais no início da etapa final foi o travessão de Matheus aos quatro minutos, quando Jonas cobrou falta no capricho e errou por pouco. Dez minutos depois, em belo passe de Viçosa, Juninho finalizou e o goleiro mineiro pegou.

Dono do jogo, o Atlético mostrava uma rara calma em campo e pode se gabar de não ter sofrido pressão alguma do líder do campeonato. Mais do que isso, o Dragão vai se gabar também de ter feito três gols no melhor time da competição. Aos 23min, Jonas cruzou da direita pra Juninho, que acertou a trave, mas na sobra, mostrando oportunismo, Viçosa desencantou e marcou o 16º gol na temporada. 3 a 0.

Fonte: 730

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios