Com Dragão subindo na tabela, Márcio freia empolgação por acesso: “caminhada é difícil”

dragaoAs duas vitórias consecutivas do Atlético na Série B (uma delas contra o Oeste, em rodada atrasada da décima primeira rodada), recuperaram o time rubro-negro na tabela de classificação. Se antes o Dragão brigava próximo à zona de rebaixamento, agora, na décima primeira colocação e a cinco pontos do G-4, as ambições já são um pouco mais ousadas.

Porém, o capitão Márcio quer evitar empolgação, mas permite que o time continue sonhando: “Nosso grupo entrou no campeonato brasileiro com o sonho de subir para a Série A. Mas, pelo que aconteceu ano passado (quase queda para a Série C), temos que ter os pés no chão e trabalhar de maneira tranquila, para que de pouco em pouco consigamos o objetivo”.

Já de calculadora nas mãos, Márcio admite que se seguir o embalo, o Dragão pode se aproximar de vez do G-4: “ainda vejo essa possibilidade e, traduzindo em números, hoje nós estamos mais próximos da parte de cima do que debaixo. Por isso, temos que continuar sonhando, mas a caminhada é difícil e falta muita coisa para vislumbrarmos concretamente a Série A”.

Um dos principais problemas do Atlético nessa corrida até a Primeira Divisão é a parte financeira do clube, que há algum tempo não vem bem. Com dificuldades para arrecadar, os salários dos atletas estão em atraso e apenas uma parte desse débito já foi acertada. Porém, Márcio garante que todo o grupo está tranquilo quanto à isso”:

“A diretoria se esforçou, já acertou um mês e está correndo atrás para acertar o resto. Eles fizeram uma promessa, e nós acreditamos. A diretoria sempre foi muito transparente com a gente, então não tenho porque duvidar deles. Nos falaram que ainda não tem os recursos, mas que logo vão acertar os débitos e estamos tranquilos”, completa.

730

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios