Gastronomia

Cogumelos nativos colhidos por ianomâmis agora na sua casa

Cogumelos da floresta amazônica passam a ser vendidos no Mercado de Pinheiros, em São Paulo

Cogumelos nativos da floresta amazônica colhidos pelo povo indígena Sanöma, um subgrupo dos ianomâmis, passaram a ser comercializados em São Paulo no último mês a partir de uma parceria entre os institutos Socioambiental (ISA) e Atá.

É um mix com mais de dez espécies que brotam nas florestas do extremo oeste de Roraima e que fazem parte da dieta dos Sanöma. São vendidos secos com exclusividade pelo box Amazônia do Mercado de Pinheiros, em duas embalagens: inteiros (R$ 15, 15g) ou em pó (R$ 15, 30g). Todas as vendas serão revertidas às comunidades produtoras.

Além do Atá e do ISA, que desenvolve um trabalho de pesquisa há quatro anos com os ianomâmis, o projeto dos cogumelos também contou com a parceria do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa, em Manaus), o Instituto Botânico (em São Paulo) e o restaurante Banzeiro, de Manaus, do chef Felipe Schaedler.

Schaedler e a pesquisadora Noemia Ishikawa participam juntos de outro projeto envolvendo cogumelos amazônicos, o raphanica, cuja primeira colheita foi feita no ano passado após cerca de três anos de estudos.

Apaladar

Comentar

Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta