Cocá pensa alto e fala em Viçosa, Primão e o veterano Zé Roberto na Aparecidense

0
47

Diretor de futebol da Aparecidense destacou que já o veterano de 40 anos já foi informado sobre a Aparecidense

aparecidenseSonhar não custa nada para um time de futebol, mas a partir do momento que uma ideia começa a se desenvolver, a proporção do assunto é totalmente ampliada. Sempre lutando para estar entre os principais times do Estado, a Aparecidense tem pensado alto, e depois de conversar com Paulo Baier e recuar na negociação, agora tem em mente contar com ex-jogador da Seleção Brasileira: o veterano Zé Roberto.

O plano audacioso foi revelado pelo diretor de futebol do time de Aparecida de Goiânia, João Rodrigues, o Cocá, que destacou que Zé Roberto já tem conhecimento da Aparecidense e que o contato foi feito por Wanderlei Luxemburgo, amigo do dirigente. O veterano tem o Palmeiras como possível futuro, mas isso não impede Cocá de sonhar com a possibilidade.

“Nós estamos no mercado. Hoje mesmo a gente comentou que, se achar algum jogador de alto nível e que esteja com 35 a 37 anos, pode acontecer. Um jogador que hoje mesmo eu vou conversar com ele e que já deram informações pra ele da Aparecidense é o Zé Roberto, que tava no Grêmio. Aí sim seria uma contratação de mão-cheia. Seria um cara camisa 10 para você ir buscar no aeroporto”

Outra hipótese seria buscar jogadores de peso no próprio futebol goiano, contando com a ajuda do coirmão, o Goiás. E o alvo seria enfraquecer o Atlético, buscando o artilheiro Júnior Viçosa e o meia Thiago Primão, que se destacaram nessa temporada. Cocá também deixou a possibilidade em aberto e destacou que a parceria seria possível: a dupla jogar na Aparecidense durante o Goiano e depois, atuar pelo Goiás na Série A.

“Todo grande jogador serve à Aparecidense, e eles são dois grandes jogadores. Se tiver no alcance nosso e tudo der certo, serviria e seria uma atração para o Campeonato Goiano jogando pela Aparecidense. A gente tem essa parceria com o Goiás, temos uma reunião agora no dia 21 com o Harlei e o presidente, e vamos ver o que é melhor. Quem sabe dá certo eles disputarem o goiano pela Aparecidense e depois irem para o Goiás? Vamos tentar”

Outro lado

O presidente do Goiás, Sérgio Rassi viu a possibilidade como um projeto audacioso, mas destacou que nada ainda foi conversado, nem mesmo se seria possível acertar algo assim. O mandatário esmeraldino aprova os dois nomes, assim como outros que se destacaram pelo Atlético, e apontou que isso seria uma decisão da nova comissão técnica, comandada por Wagner Lopes.

“São nomes bem interessantes, fico feliz que a Aparecidense pense em montar um elenco tão forte. Conversando com o Cocá e com o próprio prefeito Maguito Vilela, me falaram da intenção de fazer um time bastante forte. São dois nomes que despontaram nesse ano e isso é interessante, o Goiás está aberto a toda negociação. Qualquer atleta que se destacar no Goiano, desde que a nossa comissão técnica tenha interesse, a gente pode lutar por isso”

730