Cinco dos 13 presos que filmaram fuga por túnel permanecem foragidos

0
42

Dois detentos foram recapturados no MT e serão remanejados, diz Sapejus.

presosCinco dos 13 presos que filmaram a própria fuga da Casa de Prisão Provisória (CPP) deRio Verde, no sudoeste de Goiás, no último dia 9, permanecem foragidos. A informação foi repassada ao G1 pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e Justiça (Sapejus). Os detentos deixaram a cadeia através de um túnel e gravaram um vídeo onde comemoram a ação.

De acordo com a Sapejus, um dia depois da fuga, um detento se entregou e outros dois foram recapturados. Na semana passada, outros cinco presos foram encontrados. Três deles já retornaram para a prisão, enquanto os outros dois, detidos no Mato Grosso, esperam para ser remanejados.

Quatro dos cinco detidos são aqueles que aparecem no vídeo feito durante a fuga. No material, que foi divulgado nas redes sociais da internet, o presidiário que faz a filmagem mostra enquanto outro preso cava o túnel e diz: “Olha o ladrão lá ó, tá no ‘doze’, cavucando igual tatu”.

O túnel de aproximadamente três metros liga o banheiro à horta do complexo, que fica de frente para a rua. Após chegarem ao local, eles pularam um alambrado e fugiram sem ninguém perceber.

Após rever as imagens das câmeras de segurança do presídio, a Sapejus afastou temporariamente, no dia 14, um agente prisional suspeito de negligência durante a fuga.

Investigação
Investigações da Polícia Civil sobre a fuga de 13 detentos da Casa de Prisão Provisória de Rio Verde, no sudoeste de Goiás, apontam que houve falha nas revistas das celas da unidade.

“O funcionário que estava lá no dia, que nos atendeu na CPP, nos relatou que a última revista dentro da cela tinha sido feita há aproximadamente 60 dias”, afirma a delegada responsável pelo caso Jaqueline Camargo Machado. A Polícia Civil acredita que os presos demoraram, no mínimo, quatro dias para cavar o buraco.

G1