Cidades: Prefeito vai à Câmara apresentar prestação de contas

prefeitoNa próxima quarta-feira (4/6) o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), irá à Câmara Municipal apresentar a prestação de contas do primeiro quadrimestre de 2014 (janeiro a abril). O encontro de Paulo Garcia com os vereadores deve ser marcado por questionamentos, principalmente da oposição, referentes a situação financeira da Prefeitura.

De acordo com o vereador Paulo Borges (PMDB) os parlamentares irão receber um relatório, elaborado pela Secretária Municipal de Finanças, demonstrando as condições econômicas do Município. “Esse relatório vai permitir aos vereadores, portanto, ter informações mais detalhadas das contas municipais”, destacou.

Temendo que as galerias do Plenário da Câmara Municipal sejam ocupadas por servidores em greve, Paulo Borges não descarta a possibilidade de a reunião ser realizada em local mais restrito. “Vamos definir se será na sala da presidência da Câmara ou na Sala das Comissões. Não estamos fugindo do plenário. Mas como pode ou não ocorrer manifestações no momento da exposição do chefe do executivo goianiense, o debate com os vereadores poderia ficar prejudicado”, justificou

[saiba_mais]

Líder do prefeito na Câmara, a vereadora Célia Valadão (PMDB) disse ao Portal 730 que Paulo Garcia está preparado para responder os questionamentos apresentados pelos parlamentares. Valadão ainda apontou que o debate não pode ser transformado em disputa política e que o foco do encontro deve ser administrativo.

O vereador Elias Vaz (Solidariedade) antecipou que irá cobrar do prefeito explicações sobre a dívida da Prefeitura. Calcula-se que o valor é de aproximadamente R$ 70 milhões de reais. “Queremos do prefeito transparência sobre as finanças municipais, pois quem não deve não teme”. Vaz ainda espera que o prefeito exponha a verdadeira situação dos caixas municipais “A sociedade que paga impostos quer ser informada com transparência sobre a real situação financeira da prefeitura de Goiânia. Isso será cobrado de Paulo Garcia”, afirmou o parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios