Cidades: Prefeito de Aparecida determina regularização do Polo Empresarial Goiás

poloQuase vinte anos depois da instalação das primeiras empresas no Polo Empresarial Goiás o prefeito Maguito Vilela (PMDB) determinou nesta segunda-feira, 21, a escrituração das áreas que fazem parte da Etapa I do Polo. O processo de entrega das escrituras aos empresários é a última fase da regularização fundiária do local. “Todas as desapropriações feitas no passado não foram pagas, por isso a demora na legalização. Vamos tomar todas as providências necessárias e imediatas para que as escrituras sejam entregues o quanto antes”, destacou o prefeito.

Maguito ressaltou a importância da parceria entre o poder público e as empresas que fazem parte dos polos industriais do município em especial o Polo Empresarial Goiás, um dos mais importantes núcleos logísticos do país. “Vocês têm um papel muito importante para o crescimento de Aparecida porque o futuro dessa cidade está nos polos”, acrescentou o peemedebista que também lembrou os investimentos da gestão no local como a duplicação de todas as avenidas que integram o Polo Empresarial, abertura de novas vias de interligação como o Eixo Norte Sul 3; alternativa ao fluxo de veículos da BR-153; além da sinalização, transporte e reforço na segurança.

Para o Secretário Municipal de Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia, Marcos Alberto Luiz Campos, com a base fundiária resolvida o empresariado poderá agilizar o financiamento de novas construções e expansões no local. “Essa reunião estarta a maior expectativa dos empresários do Polo Empresarial Goiás. É o ponto alto dessa administração que sempre acreditou no empresariado local tornando Aparecida um dos municípios com o maior PIB do país”, sublinhou.

O presidente da Associação dos Empresários do Polo Empresarial Goiás, Gilberto Sebba, destacou as grandes obras da gestão atual como a vinda da Universidade Federal de Goiás (UFG), Faculdade de Medicina e o asfaltamento de praticamente todos os bairros do município. “O caminho não foi fácil, mas hoje percebemos o quão foi relevante e válido investir em Aparecida”.

O Polo Empresarial Goiás possui 180 empresas que geram aproximadamente 20 mil empregos. Dessas, 150 já foram instaladas e estão funcionando. Segundo balanço anual da Associação dos Empresários do Polo, em 2013 a receita foi de R$2,3 bilhões. “É um dever nosso lutar para dar condição e geração de empregos e tributos para o município. Se Aparecida cresceu e continua crescendo a cada dia foi, também, com a ajuda de vocês”, concluiu o Procurador Geral do município, Tarcísio Francisco dos Santos.

SecomAp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios