Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e do Audioslave, morre aos 52 anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Share on email

Causa da morte não foi divulgada e a família pediu privacidade, segundo a mídia norte-americana.

Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e mais tarde do Audioslave, morreu nesta quarta-feira (17) à noite aos 52 anos, em Detroit, informam a imprensa dos Estados Unidos e a agência Associated Press (AP).

A causa da morte do músico não foi informada. A família pediu privacidade, segundo a mídia norte-americana.

O representante do cantor, Brian Bumbery, resumiu que a morte de Cornell foi “súbita e inesperada”, segundo informou a “CNN”, que reportou também que a família está chocada.

O músico havia se apresentado na quarta à noite com a banda no Fox Theatre, em Detroit. A página da casa de espetáculos postou duas fotos da apresentação nas redes sociais. Nesta quinta (18), Cornell participaria do festival “Rock the Range”, em Columbus hoje à noite.

“You know my name”, tema do filme de James Bond Casino Royale foi um dos grandes sucessos do cantor.

Nascido e criado em Seattle, Cornell foi um dos principais arquitetos do movimento grunge, formando o Soundgarden ao lado do guitarrista Kim Thyail e do baixista Hiro Yamamoto, em 1984.

Depois, Cornell formou o supergrupo Audioslave, com Tom Morello de Rage Against The Machine, Tim Commerford e Brad Wilk. Em 2007, se concentrou em carreira solo antes de se reagrupar com Soundgarden, em 2010.

Notícia postada em  

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e nosso Termos de Uso, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.