“Cheguei ao HRC e minha mãe estava viva”, diz filha da vítima

bembeiraA Secretaria de Saúde isentou a médica Virgínia Pimentel de responsabilidade sobre a morte de Carmosina José Gonçalves, 57 anos. A clínica-geral e a equipe do Corpo de Bombeiros que transportou a mulher, com uma parada cardiorrespiratória, até o Hospital Regional de Ceilândia (HRC), protagonizaram um bate-boca que acabou com militares expulsos da unidade e a médica detida por desacato. A família acredita que a confusão prejudicou o atendimento de Carmosina, mas a secretaria garante que a conduta de Virgínia foi correta e que a paciente chegou à unidade de saúde já sem vida. A profissional está afastada do atendimento clínico, mas segue no HRC.

filha da vítima, Alessandra Patrícia Gonçalves, 31 anos, garante que Carmosina chegou com vida ao HRC. “Cheguei ao hospital e minha mãe estava viva. Como não pude entrar para a sala de procedimentos, pedi informações a uma bombeira que deu os primeiros socorros à minha mãe. Ela me disse ‘sua mãe está melhor do que quando entrou!, afirma a monitora escolar. Pouco tempo depois, os militares se despediram e Alessandra recebeu a informação da morte.

A monitora presenciou a discussão entre Virgínia Pimentel e os bombeiros e conta que ficou muito surpresa com a situação. “Ela gritava ‘saiam daqui, já disse para vocês irem embora. Saiam’. Foi revoltante. As outras pessoas falavam que aquela médica era louca”, descreve. “Qualquer paciente do DF que precise de atendimento não espera um tratamento como aquele. Espera que seja bem tratado”, critica a nora da vítima, Luciene Souza, 32.

A 15ª DP instaurou inquérito para apurar o caso. Por enquanto, a hipótese de desacato está descartada. Os investigadores vão analisar se o suposto atraso provocou a morte da vítima. Quanto à conduta da profissional, a responsabilidade é do Conselho Regional de Medicina (CRM) e da Secretaria de Saúde, segundo o delegado-chefe, Johnson Kennedy Monteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detected

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios