Cerca de 11 milhões de brasileiros têm depressão, mostra IBGE

0
58

É a primeira vez que o levantamento é feito. No Distrito Federal, 6,2% das pessoas declararam ter diagnóstico de depressão

depressaoCerca de 11 milhões de pessoas no Brasil têm depressão. O número representa 7,6% da população de 18 anos ou mais. A maior parte dos registros foi em área urbana (8%). Na rural, foram 5,6% dos entrevistados. O Sul foi a região com maior índice de pessoas com a doença, seguido pelo Sudeste (8,4%), Centro-Oeste (7,2%) e Nordeste (5%). O Norte foi a região com menor taxa de pessoas diagnosticadas, apenas 3,1%. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (10/12) e fazem parte da Pesquisa Nacional de Saúde, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatítica (IBGE) e pelo Ministério da Saúde. É a primeira vez que o levantamento é feito. Mais de 60 mil pessoas foram entrevistadas no Brasil em 2013.

A prevalência da enfermidade é maior entre as mulheres (10,9%) do que entre os homens (3,9%). A maior incidência está na faixa etária de 60 a 64 anos, com 11,1% e menor entre 18 e 29 anos de idade, com 3,9%. Os níveis extremos de escolaridade têm índices parecidos, já que 8,7% das pessoas com nível superior completo referiram depressão e 8,6% das com ensino fundamental incompleto também relataram a doença. Pouco mais da metade dos homens (51,2%) e da mulheres (52,3%) com depressão disseram tomar remédio para tratá-la.

No Distrito Federal, 6,2% das pessoas declararam ter diagnóstico de depressão. As mulheres também apresentaram taxas superiores às dos homens, com 9,3% e 2,5%, respectivamente. Do total, 56,9% disseram usar medicamentos para tratar a doença e 20,3% fazem tratamento psicoterápico.

Correiobraziliense